MENU

30 de junho de 2017 - 18:25IMSA

IMSA: 1-2 da Tequila Patrón no segundo treino em Glen

Images from the 2017 IMSA WeatherTech SportsCar Championship at Watkins Glen.

Pipo Derani foi o mais veloz da sexta-feira em Watkins Glen com o Nissan DPi da Tequila Patrón ESM. O Fox Sports 2 transmite a corrida AO VIVO neste domingo a partir de 11h da manhã

RIO DE JANEIRO – A Tequila Patrón ESM fez a dobradinha no 2º treino livre para as 6h de Watkins Glen, sexta etapa do IMSA Weather Tech SportsCar Championship e terceira das quatro provas paralelas do Tequila Patrón North American Endurance Cup. No treino de 60 minutos que acabou há pouco, os brasileiros Pipo Derani e Bruno Senna foram os mais velozes no circuito novaiorquino de 5,435 km de extensão.

Derani fez a volta mais rápida do treino em 1’34″696 (média de 207,886 km/h) e estabeleceu também o melhor tempo da sexta-feira com o Nissan DPi #2 que dividirá nesta prova com Ryan Dalziel e Scott Sharp. A partir da etapa seguinte em Mosport – no próximo domingo – ele já assume o #22 que terá neste fim de semana apenas Bruno Senna e Johannes Van Overbeek.

E foi o sobrinho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna que registrou a 2ª marca em 1’35″293. Assim como Olivier Pla a bordo do Ligier JS P217 da PR1/Mathiasen Motorsports e o Cadillac DPi-V.R dos ‘irmãos metralha’ Ricky e Jordan Taylor, eles superaram o melhor tempo da primeira sessão, registrado por Stephen Simpson no Oreca 07 Gibson da JDC-Miller Motorsports – que acabou em 5º lugar no segundo treino com um tempo pior que no primeiro.

João Barbosa fez o 6º tempo com o Cadillac da Action Express em 1’35″891 – melhor que no primeiro treino, mas mais de um segundo pior que a volta de Derani no segundo treino livre. O carro dos atuais campeões Dane Cameron e Eric Curran ficou em sétimo. O Riley da Visit Florida Racing e os dois Mazda DPi da Speedsource completaram o top 10.

Entre os Prototype Challenge, “Pato” O’Ward foi de novo o mais rápido – 1’39″347 para o piloto da Performance Tech, seguido desta vez por Gustavo Yacamán, que foi batido por 1″066. Don Yount estabeleceu o terceiro tempo e ficou em 13º na geral.

A Ford seguiu o exemplo da Tequila Patrón ESM na classe principal da competição e fez 1-2 entre os bólidos Grã-Turismo: o #66, desta vez com Joey Hand, voltou a ser o mais veloz com o tempo de 1’43″115, superando por 0″111 o #67 guiado por Richard Westbrook.

Em terceiro ficou o Corvette 3º colocado na última edição das 24h de Le Mans, com Jan Magnussen marcando a melhor volta do carro em 1’43″283, praticamente meio segundo abaixo da BMW de Bill Auberlen. Dirk Werner colocou o melhor Porsche em quinto e o novo recruta da marca alemã, Gianmaria Bruni, começou discreto: fez o sétimo tempo em 1’44″262.

Na GTD, Katherine Legge melhorou o tempo da primeira sessão estabelecido pelo namorado Andy Lally e o domínio do Acura NSX-GT #93 da Michael Shank Racing perdurou ao longo do dia. A britânica marcou 1’45″528, enquanto o compatriota Jack Hawksworth foi o segundo. O treino teve nada menos que oito marcas diferentes nas oito primeiras posições. Só a Porsche ficou devendo: o melhor carro da marca alemã na divisão ficou com a 13ª colocação.

Oswaldo Negri e Jeff Segal se classificaram neste treino com o nono tempo – 1’46″311, portanto dentro do mesmo segundo dos companheiros de time. E dos 17 carros inscritos na divisão, onze ocuparam o espaço de um segundo inteiro na tabela de classificação.

Neste sábado, às 9h de Brasília, os pilotos participam do último treino livre, com duração de 60 minutos. O qualifying começa às 12h40 com 15 minutos de treino para cada uma das quatro categorias em disputa. O treino que define o grid só tem transmissão ao vivo pelo site oficial da IMSA.

As 6h de Watkins Glen terão transmissão AO VIVO e NA ÍNTEGRA pelo Fox Sports 2 neste domingo, a partir de 11h, com Thiago Alves, este que vos escreve e com a lenda, o mito, o craque Edgard Mello Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *