MENU

15 de agosto de 2017 - 16:22IMSA

Penske anuncia Montoya e… Dane Cameron para 2018

20914407_10154899384040794_6490341374939396476_n

RIO DE JANEIRO (atualizado às 16h51) - Antes mesmo do lançamento oficial do Acura ARX-05 DPi da Penske, na próxima sexta-feira, a equipe antecipou a confirmação de uma das duplas que disputarão o IMSA Weather Tech SportsCar Championship. Como se esperava, Juan Pablo Montoya está confirmado no programa de Endurance da mais tradicional equipe ianque do automobilismo.

Mas o brasileiro Hélio Castroneves, a princípio, ainda não foi anunciado. O parceiro do colombiano será uma supresa: Dane Cameron deixa a Action Express após o título conquistado no ano passado e vai compor a dupla com o sul-americano. A informação está no Instagram da escuderia.

A Penske confirmou, a princípio, três carros para a temporada 2018 da Fórmula Indy – para Will Power, Josef Newgarden e o atual campeão, Simon Pagenaud. Nos bastidores, consta que Helinho está tentando convencer Roger a manter o esquema atual com quatro bólidos. Mas provavelmente não o conseguirá: a equipe está diminuindo o esquema na Indy para atender mais um carro na Monster Energy Nascar Cup Series.

Alguns motivos seriam fortes o bastante para Hélio tentar convencer Roger a permanecer nos monopostos: primeiro, o desejo de Helinho de, aos 42 anos, ainda querer ser campeão da categoria – e inclusive neste ano as chances são boas, já que ele está em 2º lugar na classificação, a apenas sete pontos de Newgarden.

Segundo, o brasileiro é um dos mais populares e carismáticos pilotos da série – as comemorações subindo o alambrado o fizeram ser apelidado “Homem-Aranha”.

E terceiro, mais do que tudo, a vontade de igualar Al Unser, A.J. Foyt e Rick Mears em vitórias na Indy 500.

Mas não é o fim: ainda há um cockpit com dois pilotos a serem anunciados e Castroneves poderá, perfeitamente, ser um deles. O time ainda tem seis pilotos por confirmar, incluindo os quatro avulsos para as corridas longas.

Se muitos estão se precipitando ao dizer que dei uma ‘barriga’, faz parte da profissão. Cravei uma informação porque era – e é – algo que pode acontecer. Confiei na minha fonte. E continuarei confiando.

De uma coisa é certa: ele fica na Penske, correrá a Indy 500, mesmo se for para a IMSA, e correrá onde o Roger mandar. Essa formação será anunciada muito rapidamente. Isso porque no final do mês já tem teste marcado”, confirma a minha fonte.

7 comentários

  1. Cláudio disse:

    É isso aí Rodrigo Mattar. Essa situação ainda não está definida. Eu acho que ele continua na equipe Penske da Indy só se for campeão este ano, do contrário o Roger não vai disponibilizar o quarto carro para 2018. Ainda acho que ele tem chances de correr na IMSA ano que vem.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Bom, as chances ainda existem. A Penske ainda tem seis pilotos por anunciar: os dois titulares do segundo carro e quatro “avulsos” para, pelo menos, as 24h de Daytona, onde os dois carros terão quatro pilotos.

    • Leandro disse:

      Penso o contrário, se ele conseguir ser campeão neste ano, sairia da Indy e ficaria fazendo apenas as 500 milhas, além de correr no IMSA. Sairia por cima (em ótima forma) e ainda tentaria chegar à 4ª vitória no mítico oval no ano que vem.

  2. Erivaldo disse:

    Sorte a nossa Mattar, termos um jornalista/comentarista como você, sempre bem atualizado e compartilhando conosco. Penso o mesmo que o Cláudio, acho que a permanência do Helinho na Indy está dependendo do título, pois, se for campeão Roger não teria como saca-lo.

  3. Leandro disse:

    Rodrigo, caso realmente a Penske formasse a dupla Montoya/Helinho no IMSA, embora ambos sejam pilotos experientes, não poderia haver um certo desequilíbrio com a possível dupla formada no outro carro? Um carro com o Montoya e o Cameron, piloto mais experiente em corridas longas, e o outro com o Helinho e um outro piloto no mesmo nível do Cameron deixaria os dois carros possivelmente com desempenhos mais próximos?

  4. Gustavo disse:

    O Hélio é um piloto que está a 20 anos na categoria quero e muito que ele continue na indy está muito competitivo e rápido sei que vocês estão torcendo para ele ir para a imsa weathertech para o ano que vem ele aparecer na tela no canais fox sports e olha que eu sou um grande fã dessa categoria de endurance norte americana assim como o wec mas eu sou hélio na indy full season e no weathertech o helio participa no máximo das 24 h daytona então que o castroneves continue na indy

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>