MENU

29 de março de 2018 - 15:36Blancpain GT World Challenge Europe

Blancpain Sprint: brasileiro na temporada e 21 carros em Zolder

334261_777638_lukas_moraes___zolder_2

Único brasileiro na série Sprint do Blancpain GT, Lukas Moraes retorna ao automobilismo europeu após quatro anos. O piloto já andou com a BMW M6 GT3 e teve seu primeiro contato com o circuito de Zolder, onde será disputada a primeira prova da temporada (Foto: Ronald Janssens/Divulgação)

RIO DE JANEIRO – Daqui a uma semana, começa a temporada 2018 do Blancpain GT Series com a primeira rodada da série Sprint – provas de 1h de duração – no circuito belga de Zolder, numa mudança em relação aos últimos anos, quando o campeonato dava a largada em Misano – inclusive com corridas noturnas.

Aos 20 carros da lista oficial divulgada pela SRO (Stéphane Ratel Organisation) no Media Day em Paul Ricard, soma-se uma inscrição extra de um time da casa: a Boutsen Ginion terá um Lamborghini Gallardo R-EX para Claude-Yves Gosselin e Pierre Feligioni. É a única inscrição da divisão Am Cup na abertura.

Entre as quatro duplas da Silver Cup, soma-se uma com piloto brasileiro: Lukas Moraes está de volta à Europa, após a tentativa de participação no natimorto projeto Race To 24, que seria encampado pela equipe de Bénoit Morand no WEC. Após disputar o Brasileiro de Turismo – atual Stock Light – Lukas vai competir no Blancpain Sprint com a BMW M6 GT3 inscrita pela equipe francesa 3Y Technology, supervisionada por Guillaume Maillard. Seu parceiro será o britânico Andrew Watson no carro inscrito com o dorsal #37.

“É a realização de um sonho voltar a correr na Europa, depois de quatro temporadas no Brasil, principalmente no Blancpain Series Sprint, que é um dos principais campeonatos de carros de Grã-Turismo do mundo. Vou competir contra pilotos de altíssimo escalão, então é uma chance única na minha vida, e acredito que vou crescer muito como piloto, profissional, e pessoalmente também. Vou agarrar essa oportunidade com muita determinação, visando a sequência da minha carreira”, explicou Lukas.

Por pilotos de altíssimo escalão, podemos elencar o holandês Robin Frijns, que entra na temporada para defender o título conquistado ano passado com a equipe WRT Audi; Andrea Caldarelli, que passou os últimos anos no super competitivo automobilismo japonês; os também italianos Mirko Bortolotti e Raffaele Marciello – este último, antigo integrante da Ferrari Driver Academy; o ex-Fórmula 1 Christian Klien; os experientes Pierre Kaffer e Markus Winkelhock; o ótimo sul-africano Kelvin Van der Linde; o rodado Franck Perera e Stéphane Ortelli.

A equipe WRT, inclusive, apresenta outros reforços para 2018: o espanhol Alex Riberas deixou o programa Ferrari Corse Clienti e agora é dos quatrargólicos de Ingolstadt. Dividirá o carro #1 com Christopher Mies, enquanto o ex-Fórmula 1 Will Stevens alinha com Dries Vanthoor, que correrá em casa na primeira rodada do campeonato. Como já dito, o campeão Frijns vai alinhar mais um ano com Stuart Leonard.

Outras equipes que vão com ataque total na pista de Zolder são a GRT Grässer e a AKKA-ASP, ambas com três carros. Os Lamborghini Huracán do time austríaco terão Ezequiel Pérez Companc/Andrea Caldarelli, Mirko Bortolotti/Christian Engelhart e Loris Hezemans/Franck Perera. As Mercedes do time de Jerôme Policand terão Nico Jamin ao lado do portorriquenho Felix Serrallés; Raffaele Marciello compondo dupla com Michael Meadows e Jack Manchester junto a Nico Bastian.

Apesar do total de carros ser abaixo do esperado pela SRO, são oito as marcas confirmadas na rodada de estreia, com o debute do modelo Lexus RC-F GT3 nas mãos de Christian Klien/Albert Costa e Stéphane Ortelli/Norbert Siedler.

Lista de inscritos para Zolder AQUI

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *