MENU

13 de abril de 2018 - 01:17V8 Supercars

Fim do jejum: Lowndes volta a vencer no Supercars e Whincup comanda campeonato

RGP-2018-Tyrepower-Tasmania-SS-Sat-a49v4238-800x533

Custou, mas saiu: chegou ao fim o jejum de 46 provas sem vitória que Craig Lowndes amargava desde julho do ano retrasado no Supercars

RIO DE JANEIRO - No fim de semana passado, o Supercars australiano disputou sua 3ª rodada no pequeno circuito de Symmons Plains, onde houve uma corrida caótica no último ano. Desta vez, tudo correu a contento, o formato de qualificação com três fases resultou e a prova teve duas baterias sem muitos incidentes – o único piloto que talvez tenha queixas é Richie Stanaway, com o neozelandês abandonando a primeira corrida para sequer largar na segunda -  o que o deixa na última posição na tabela do campeonato.

A Holden segue dominante em 2018 e o multicampeão Jamie Whincup emplacou mais um triunfo com o carro #1 na prova curta de 50 voltas disputada no sábado. Os Commodore terminaram nas quatro primeiras posições com o melhor Ford Falcon em quinto (com Fabian Coulthard, desta vez) e a Nissan longe, com um 15º posto como melhor resultado entre os Altima inscritos.

Segundo colocado no sábado, Craig Lowndes pôs fim a um incômodo jejum na etapa de domingo, a oitava corrida do ano. O piloto do carro #888 agora patrocinado pela Autobarn conquistou também sua primeira pole nos últimos três anos e chegou enfim a um triunfo desejado e aguardado desde o ano de 2016. O veterano piloto de 43 anos, um dos grandes nomes da história recente da competição, está em sexto na classificação com 597 pontos.

O 3º lugar na prova #2 de Symmons Plains deu conforto a Jamie Whincup na classificação do campeonato. Ele lidera com 11 pontos de avanço sobre Scott McLaughlin, que foi mal na primeira corrida com o Ford da DJR Penske Racing e melhorou bastante na segunda, alcançando o 2º lugar. O neozelandês não está sozinho na vice-liderança, posto que David Reynolds – com uma quarta e uma oitava colocações – também tem a mesma pontuação do rival. James Courtney é o quarto na tabela e quem fecha o top 5 é Shane Van Gisbergen, num começo de temporada menos espetacular que os anteriores.

E a temporada segue adiante: nos próximos dias 21 e 22, teremos a quarta rodada, com duas provas de 250 km cada no circuito de Phillip Island, no estado de Victoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>