MENU

15 de maio de 2018 - 22:59WTCR

Para quem não viu: WTCR, rodada de Nürburgring

RIO DE JANEIRO – As 24h de Nürburgring foram uma das grandes atrações do último fim de semana e quem fez uma luxuosa preliminar – em rodada tripla – foi o WTCR, com direito até à presença de René Rast correndo como convidado num dos Audi RS3 LMS inscritos para a terceira etapa do campeonato.

E a etapa no Inferno Verde foi, literalmente, um inferno para Gabriele Tarquini. O veterano piloto italiano chegou à Alemanha como líder provisório da classificação e todo pimpão para comprovar o seu domínio e dos Hyundai i30 – mas acabou entrando por um cano deslumbrante, já que não fez nenhum ponto no fim de semana. Abandonou a prova #1 realizada na quinta-feira e as duas corridas de sábado, preliminares do clássico evento de Endurance – sendo que na prova #3 da programação ele nem largou.

Sorte de outro veterano: Yvan Muller ganhou a prova #1 em dobradinha com o companheiro de equipe e pole position Thed Björk, foi quarto na prova #2 e terceiro na corrida derradeira, resultados suficientes para assumir a ponta da tabela com 137 pontos, enquanto Tarquini estacionou nos 118 e Thed Björk avançou para 112.

O sueco ganhou a prova #3 da rodada e na #2, um sul-americano fez história: Estebán Guerrieri aproveitou-se do grid invertido e venceu com seu Honda Civic da equipe de René Munnich.

2 comentários

  1. Gustavo disse:

    Uma das melhores coisas no automobilismo nos últimos anos foi a ida do WTCC ao Nordschleife. E é ainda melhor que o WTCR tenha mantido esta prova.

    Clássico !!!

  2. Andre Moser disse:

    Boa tarde !

    Sinto falta das corridas não serem transmitidas em algum canal da tv fechada. As 3 corridas foram muito legais com os pilotos correndo totalmente no limite, mais de 20 carros… foi realmente um acerto adotar as regras do TCR. E a última reta do circuito é sensacional.

    Um abraço !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *