IMSA: CORE domina sexta-feira de acidentes no Canadá

I
IMSA WeatherTech SportsCar Championship
No clique de Jake Galstad, o carro #54 da CORE Autosport foi o mais rápido na pista do Canadian Tire Motorsport Park nesta sexta-feira. A corrida da IMSA será transmitida ao vivo neste domingo às 15h no Fox Sports 2

RIO DE JANEIRO – Sexta-feira de treinos livres e de domínio da CORE Autosport no Canadian Tire Motorsports Park, para a 7ª etapa do IMSA Weather Tech SportsCar Championship. Colin Braun foi o piloto a ser batido em ambas as sessões, fechando o dia como o mais rápido – o tempo de 1’06″902 do piloto de 29 anos foi 0″037 mais veloz que o Acura ARX-05 DPi guiado por Dane Cameron e que também terá o colombiano Juan Pablo Montoya.

Hélio Castroneves foi o 3º mais veloz com 1’07″881 – mas o experiente piloto brasileiro conheceu os perigos do veloz e técnico circuito canadense, sofrendo um violento acidente na curva 5 e danificando a parte traseira do lado direito de seu protótipo. Não foi o único a se acidentar: de manhã, Kyle Masson bateu com o Oreca #38 da Performance Tech Motorsports. Os danos foram tão extensos que a equipe de Brent O’Neill decidiu se retirar da competição e se empenhar na preparação para a categoria Mazda Prototype Challenge, que também está no Canadá neste fim de semana.

“Gastamos muito tempo reconstruindo o carro após o acidente em Watkins Glen”, disse O’Neill. “Odiamos terminar o fim de semana dessa forma, mas depois de um acidente forte como esse é a melhor decisão para todos”, lamenta.

Voltando ao resultado dos treinos, o Cadillac #5 da AX Racing que será guiado por Filipe Albuquerque/Christian Fittipaldi alcançou o quarto lugar na soma das duas sessões, a 1″186 do tempo de Colin Braun. O #31 de Felipe Nasr ficou em sexto, com o piloto brasileiro marcando 1’08″254, catorze milésimos abaixo do único Nissan Onroak DPi inscrito pela Tequila Patrón, desta vez com Ryan Dalziel e Pipo Derani.

Na GTLM, a Porsche fez 1-2 com seus 911 RSR GTE: Nick Tandy marcou 1’14″357 e superou por 0″181 o companheiro de equipe Earl Bamber. Antonio Garcia ficou a quatro décimos com seu Chevrolet Corvette C7-R, superando o parceiro Tommy Milner. A seguir vieram os dois Ford GT da Ganassi, já virando na casa de 1’15” assim como as BMW M8 GTE da equipe de Bobby Rahal.

A GTD chegou a Mosport com menos um dos prometidos 12 carros: a equipe SunEnergy1 do australiano Kenny Habul decidiu romper de forma unilateral com a Riley Motorsports, que cuidava do running do carro. Assim, a Mercedes-AMG #75 não será vista nessa corrida e Habul já se prepara para a estreia nas 24h de Spa-Francorchamps, no fim do mês. Por enquanto, não se fala em retorno do piloto e de sua equipe na próxima prova, que será em Lime Rock Park, apenas com os GTLM/GTD.

O melhor tempo do dia foi do português Álvaro Parente, que marcou 1’16″574 no Acura NSX-GT3 da Meyer Shank Racing que divide com Katherine Legge. Kyle Marcelli foi o 2º com o Lexus da 3GT Racing, seguido do Porsche de Wolf Henzler, do Lamborghini guiado por Bryan Seller e pelo Audi de Andy Lally. As oito marcas presentes ficaram nas oito primeiras posições, já que a Mercedes-Benz que sobrou ficou em sexto, com a BMW M6 da Turner Motorsport em sétimo e a Ferrari 488 da Scuderia Corsa em oitavo.

Neste sábado, a partir de 9h30 de Brasília, as equipes têm mais um treino livre preparatório para os últimos ajustes, visando a definição do grid. O qualifying começa a partir de 13h10 (12h10, pela hora local), com transmissão ao vivo via streaming no site da IMSA.

O Fox Sports 2 transmite o GP de Mosport ao vivo neste domingo a partir de 15h, com Thiago Alves, Rodrigo Mattar e Edgard Mello Filho.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames