MENU

27 de setembro de 2018 - 18:34Automobilismo Nacional, Endurance

Endurance Brasil: próximo desafio é em Santa Cruz do Sul

347181-828610-bt1x4055_orig

Vencedores na geral em Mogi-Guaçu, Xandy e Xandinho Negrão buscam mais um triunfo na 5ª etapa do Endurance Brasil, neste sábado, em Santa Cruz do Sul (Foto: Endurance Brasil/Divulgação)

RIO DE JANEIRO – O Campeonato Brasileiro de Endurance (Endurance Brasil) volta à carga neste fim de semana, em paralelo com o Gaúcho da modalidade. O Autódromo Oswaldinho de Oliveira, com seu seletivo traçado de 3,53 km de extensão e 14 curvas, recebe a 5ª etapa da competição nacional e a terceira do regional, com expectativa de ótimo grid – como tem sido hábito – e mais uma disputa à vista entre os impressionantes e velozes protótipos AJR contra os modernos modelos de Grã-Turismo que chegaram ao país.

Um deles deve estrear nesta corrida, embora tenha sofrido um acidente em testes preliminares: a Mercedes-AMG GT3 trazida por Guilherme Figuerôa bateu lá mesmo em Santa Cruz do Sul, mas os danos não foram muito extensos e o carro pôde ser recuperado. A dúvida é se o carro inscrito com o número #8 vai participar da disputa, mesmo após o grave acidente de Alan Hellmeister, anunciado como parceiro de Figuerôa, sofrido no último domingo na prova #2 de Monza do International GT Open. A ver…

Enquanto isso, os modelos GT3 têm um placar favorável contra os AJR – são três vitórias até aqui contra uma dos carros construídos por Juliano Moro, que têm sido espetaculares nos treinos. Na etapa de Santa Cruz do Sul, chega mais um chassi: inscrito com o numeral #11, esse novo bólido terá motor Honda e vai andar com Fernando Fortes e Emílio Padron – que continuarão dando duplo expediente, já que seguirão inscritos no #75 da classe P2. O #117 ficará agora com Henrique Assunção e Fernando Ohashi.

347181-828612-bt1x0171_orig

A MC Tubarão terá um quinto carro na 5ª etapa: a equipe gaúcha lidera na P1 com Tiel Andrade/Júlio Martini (Foto: Endurance Brasil/Divulgação)

Outra novidade para Santa Cruz é o quinto carro sob os cuidados da MC Tubarão: a equipe com sede em Campo Bom deu uma sobrevida ao seu protótipo MC Tubarão V com motor Volkswagen 8V e ele estará de volta após vários meses parado. Marcelo Vianna regressa com Hardy Kohl Jr. como seu novo parceiro a bordo do carro #17.

347181-828608-bt1x3544_orig

Liderança na P2 para Fernando Fortes, Henrique Assunção e Emílio Padron, que também seguem dando duplo expediente na P1 junto a Fernando Ohashi – agora em carros diferentes, com a estreia de um novo AJR em Santa Cruz do Sul (Foto: Endurance Brasil/Divulgação)

Com quatro etapas disputadas e a vitória em Mogi-Guaçu nas 4h do Velo Città, Xandy e Xandinho Negrão chegam a este fim de semana com a liderança do campeonato entre os pilotos da GT3. Sem considerar os descartes, a dupla do Mercedes-AMG GT3 #9 está com 405 pontos somados, contra 395 do antigo líder Chico Longo, que volta a contar com Daniel Serra a seu lado nesta etapa. Ricardo Maurício, da equipe Stuttgart Motorsport, segue próximo, com 350.

347181-828611-bt1x4379_orig

Com este protótipo MRX da equipe Motorcar, Rafael e Gustavo Simon são os ponteiros na classe P3 (Foto: Endurance Brasil/Divulgação)

Na classe P1, que conta com os protótipos nacionais mais bem preparados e elaborados, mesmo com o sem-número de problemas enfrentados na etapa passada, Tiel Andrade e Júlio Martini seguem líderes na classificação. A dupla do MC Tubarão #5 soma 285 pontos, contra 250 de Carlos Kray (Vicente Orige, que venceu com ele na classe em Mogi-Guaçu, ainda não havia pontuado no ano) e 200 do quarteto do #117 – que não é mais quarteto…

A liderança entre os protótipos P2 é partilhada por Fortes/Padron/Assunção, que têm 385 pontos somados com o MRX #75 da Satti Racing, enquanto Mauro Kern/Paulo Sousa têm 340. Gustavo e Rafael Simon comandam com folga a tabela da classe P3: a dupla da equipe Motorcar soma 420 pontos contra 225 do vice-líder Sérgio Pipa Cardoso.

345194-820986-bt1x2367_orig

Henry Visconde é o líder da classe GT4 com seu Audi RS3 LMS TCR, o primeiro carro dentro deste regulamento no país (Foto: Endurance Brasil/Divulgação)

E na divisão GT4, Henry Visconde comanda o campeonato. A bordo do Audi RS3 LMS TCR #64, ele tem duas vitórias em quatro etapas na classe e um total de 420 pontos. Sérgio Ribas, que agora está na GT3, segue vice-líder com 290.

No Regional Gaúcho, Tiel Andrade/Júlio Martini são os líderes na P1; Paulo Sousa/Mauro Kern lideram na P2; Gustavo/Rafael Simon na P3; Ricardo Mendes/Peter Ferter na GT3 e Sérgio/Guilherme Ribas na GT4.

Seguem abaixo os horários para a 5ª etapa do Endurance Brasil. A corrida será de manhã no sábado, com link para a transmissão que também estará disponível na página oficial da competição. Não percam!

Sexta-feira – 28/09/2018

8h30 às 9h20 – 1º Treino de Endurance GT4 – P2 – P3
9h30 às 10h20 – 1º Treino de Endurance GT3 – P1
10h30 às 11h20 – 2º Treino de Endurance GT4 – P2 – P3
13h às 13h50 – 2º Treino de Endurance GT3 – P1
14h às 14h50 – 3º Treino Endurance GT4 – P2 – P3
15h às 15h50 – 3º Treino de Endurance GT3 – P1
16h às 16h15 – Classificatório Categorias – P2 – P3 – GT4
16h25 às 16h40 – Classificatório Categoria GT3
16h50 às 17h05 – Classificatório Categoria P1
​17h30 – Briefing

Sábado – 29/09/2018

8h às 9h – Vistoria técnica realizada nos boxes das equipes
8h às 8h30 – Warm-Up
9h30 – Abertura de box
9h40 – Fechamento de box
9h55 – Placa de 5 minutos
10h – Largada das 3h de Santa Cruz do Sul
13h30 – Cerimônia de Premiação

Compartilhar

2 comentários

  1. Gustavo disse:

    Uma das melhores categorias do país que tem, nessa temporada, um de seus melhores momentos.

    E digo isso não apenas pelo o que ocorre na pista, mas pela qualidade das transmissões realizadas pelo Youtube, e pela ampla disponibilidade de informações nas mídias sociais através de pilotos, equipes e de figuras como o Rodrigo Mattar (alguém já ouviu falar dele?).

    Ficará ainda melhor na medida em que a categoria alcance mais autódromos, como Goiânia e Curvelo, apenas para citar dois, para permitir que o público de outras regiões possam prestigiar o evento in loco.

  2. Sergio Pacheco disse:

    Talvez a melhor categoria do país ! Corre direto em Tarumã muito mais rápida e sem o mimimi da Stock !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *