MENU

26 de setembro de 2018 - 15:58Outros

Polêmica II

RIO DE JANEIRO - Treta, aliás, mais uma, entre Lucas Di Grassi e Nelsinho Piquet.

Rivais na Fórmula E e também na Stock Car, eles têm um histórico de problemas entre si. São situações que não vou dar ao trabalho de comentar, para que ninguém ache que estou tomando partido de um ou de outro.

Nelsinho deu uma entrevista ao site Crash.net, em que opinou “não ser o melhor momento” para o Brasil ter uma etapa da categoria dos carros elétricos. Todo mundo se lembra que no primeiro calendário, o Rio de Janeiro apareceu como opção e depois foi excluído.

Neste ano, São Paulo teria uma etapa, marcada para 17 de março. A cidade foi anunciada no calendário da temporada #4 e em 30 de novembro do ano passado, este blog revelou com exclusividade a notícia de que a etapa foi cancelada.

Aí, o Lucas Di Grassi resolveu fazer isso aí que vocês vêm abaixo no Twitter.

DiGrassi Twitter

É uma declaração que divide opiniões. Na minha, é um comentário absolutamente desnecessário e infeliz, quase um coice no Nelsinho, motivado provavelmente por toda a rixa que os dois têm tido nos últimos anos. Não necessariamente é uma novidade em se tratando do Lucas, que nas redes sociais tem sido até bastante polêmico em certos comentários e opiniões.

Mas isso é melhor deixar quieto.

Em comparação de resultados, o primeiro ano de Stock do piloto que alfineta o adversário é realmente melhor. Já venceu corridas, conquistou pódios e tem feito um bom campeonato. Lucas deve se lixar para os problemas que Nelsinho enfrenta na equipe Full Time – e eles existem. Não estou aqui passando pano para ninguém, mas… cá pra nós… não é engraçado ver o Di Grassi criticar o adversário depois de ter, no fim do ano passado, passado pano para a prefeitura de São Paulo e os órgãos ligados à municipalidade, que não cumpriram com o compromisso de fazer a etapa brasileira da Fórmula E?

Enfim… uma polêmica idiota e infantil, lembrando aquelas coisas babacas de colegial. Piquet, pelo visto, não respondeu à provocação gratuita do rival.

Melhor assim.

8 comentários

  1. Bruno Aleixo Santiago Bruno Aleixo disse:

    Muito bem faz o Nelsinho se deixar esse sujeito no vácuo. Cara mais bobo… E outra, ao contrário do que ele disse, é importante que todos leiam sim a matéria e se perguntem: infelizmente, Nelsinho falou alguma mentira? Há alguma condição desse país receber a F-E neste momento?

  2. Zé Maria disse:

    Rodrigo, boa tarde.
    Infelizmente sou muito limitado em informática e não consigo fazer um “Control C Control V” naquilo que já postei no “Flavio Gomes”.
    Aos amigos que aqui também publicam, e ao escriba que dirige o boteco, sabido amigo fraterno do FG, fica então o convite para que leiam lá o que penso sobre essa groselha toda do “disGrassi”.
    Único problema é que, apesar de tudo, o currículo do piloto do carro 11 jamais ostentará o carimbo do “Cingapuragate”, que o do 33 irá mostrar por toda a vida, ainda mais com o agravante de que toda a maracutaia permaneceu em segredo absoluto por quase 1 ano, só sendo revelada quando o papis soube que o filhote havia sido ejetado da Renault em favor do Grosjean.
    Caso a carreira do Jr na F1 tivesse tido continuidade, essa m&[email protected] toda jamais teria sido jogada no ventilador, ao menos por quem jogou, podem apostar nisso.
    Abraço.
    Zé Maria

  3. Igor Fonseca disse:

    O Lucas di Grassi é um babaca profissional. Ponto. Politiqueiro, sem personalidade, egocêntrico… olha a arrogância do cara véi: “nem vale a pena ler a matéria”, pq contém fatos e contraria sua posição perante a situação? Mesmo recentemente ele dá um jeito de passar pano pro governo do prefeitop que tenta acabar com Interlagos de todas as formas, cancelou a etapa… e o cara fica tentando justificar ainda? Já disse e torno a reforçar: ele é desprezível. Tenta fomentar uma rivalidade com o Nelsinho por questões extra pista? Que cara patético, pelamordedeus. Eu sempre apoio pilotos brasileiros que se aventurem em qualquer competição internacional, torço e acompanho vários. O Nasr e o Pipo na IMSA, o Farfus na DTM, o Granado no Mundial de Motovelô, já torci pelo sucesso do Nelsinho na Nascar, e agora no WEC e na Fórmula E, no primeiro título dele e continuo a torcer, pelo Oribera no Super GT. etc. O Di Grassi é uma EXCEÇÃO ABSOLUTA a essa regra. Ele pode ganhar o que for, podia ganhar Le Mans na geral e se tornar o primeiro brasileiro na história a fazer tal feito, pra mim não faria A MENOR DIFERENÇA. Pq isso que ele é: desprezível. Só pensa no próprio ego e pra ele fazer politicagem pra coxinha está acima do cuidado com o cenário do automobilismo brasileiro internamente e perante o mundo.

  4. Gabriel Medina, O outro disse:

    Di Grassi é grande piloto, mas um babaca de primeira catedoria.

  5. Fernando disse:

    Mas o que Di Grassi é muito mais piloto que o Nelsinho ele é, não só piloto mas politico tb, e hj automobilismo é isso tb.

    Me surprendi como ele se adaptou rapido a stock, assim como se adaptou aos prototipos e a FE, e realmente o Nelsinho ta passando vergonha, provocação é valida.

    • Não sei, acho que os dois se equivalem no final das contas, lembrando que Di Grassi só foi campeão da FE por conta dos compromissos do Buemi com a Toyota no WEC.

      • Fernando disse:

        Enfim, é a tipica coisa q se fosse o Nelsão falando todo mundo ia achar graça, e chamar de irreverencia… mas 2 pesos 2 medidas.

      • renato rre disse:

        Nunca vi o Nelsão falando de outro piloto dessa maneira e de graça. Ele sempre falou a real sem papas na língua, isso sim.
        Sobre o Grassi ser melhor que o Nelsinho, sei não….. Quando tiveram o mesmo carro levou pau mesmo sendo o cara que desenvolveu o protótipo da FE.. era pro Grassi ter sido o primeiro campeão. Depois teve as mudanças em regras e ele sempre teve o melhor equipamento… na WEC sempre correu na Audi, que ganhou praticamente todos os campeonatos desde sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>