MENU

18 de outubro de 2018 - 14:54Blancpain GT World Challenge Asia

Blancpain GT Series Asia: Kodric e Lind são os campeões de 2018

19-FFF-Lamborghini-GT-Asia-2018-Ningbo-Race-2

Com três vitórias em 12 corridas, Martin Kodric e Dennis Lind faturaram não só o Blancpain GT Series Asia na classificação geral como também na Silver Cup, para os pilotos de graduação prata. Em 2019, a competição muda de nomenclatura

RIO DE JANEIRO – A dupla Dennis Lind e Martin Kodric conquistou no último fim de semana o título do Blancpain GT Series Asia. A rodada dupla final foi disputada em Ningbo, na China – que vocês puderam (e ainda podem) acompanhar aqui no blog.

O troféu foi conquistado apenas na última corrida da temporada, com a vitória do Lamborghini #19 da FFF Racing Team by ACM, por apenas quatro segundos de vantagem sobre Alessio Picariello/Anthony Liu Xu, que acabaram beneficiados por penalizações e abandonos de adversários diretos dos campeões.

Um desses casos foi o da Ferrari da HubAuto, que venceu na prova #1 com a dupla Nick Foster/Jono Lester, levando a decisão para a última prova. Com 140 pontos contra 145 de Kodric e Lind, Foster ainda podia sonhar com o título na última etapa. Mas o handicap obrigatório de 15 segundos para a dupla vencedora do sábado, além de um péssimo pit stop, deixou o piloto australiano sem chances de reverter o quadro.

Outro dos protagonistas ficou pelo caminho: favorita ao título, a GruppeM viu sua Mercedes-AMG GT3 abandonar com suspensão quebrada, fazendo com que o suíço Patric Niederhauser encerrasse o ano em branco. O piloto, que dividiu a guiada com Nico Bastian na maior parte das corridas, acabou mesmo em 3º lugar na classificação.

A FFF Racing Team by ACM não comemorou só um – mas outros dois títulos na etapa final em Ningbo. A dupla formada por Marco Mapelli/Hiroshi Hamaguchi fez as honras na divisão Pro-Am, conquistando o campeonato deste ano com 13 pontos de vantagem para Yukinori Taniguchi, da KCMG. Por ter feito todas as provas do certame, o japonês foi vice-campeão sozinho. Raffaele Marciello, idem: o italiano fechou o top 3 num ano em que era o favorito destacado ao título.

Não obstante a conquista na classificação geral da série GT3, Kodric e Lind foram igualmente vitoriosos na classe Silver, com 197 pontos contra 183 de Nick Foster e 164 de Martin Rump/Congfu Cheng. E na Am, já campeões, Makoto Takeda/Takuya Shirasaka nem disputaram a rodada dupla final.

Na divisão dos modelos GT4, o alemão Reinhold Renger confirmou o título numa campanha impecável. Ele só não marcou pontos uma única vez em 12 corridas. Com seis vitórias, incluindo a da prova de abertura da rodada final, o piloto da GruppeM Racing Team finalizou com 215 pontos, enquanto os vice-campeões Takayuki Kinoshita/Sunako Jukuchou venceram cinco etapas e triunfaram na corrida final, para fechar o ano a 19 pontos do campeão. Ringo Chong, um dos únicos a quebrar as sequências de triunfos de campeão e vice, foi o 3º colocado com 180.

Em 2019, a competição muda de nome e será conhecida como Blancpain GT World Challenge Asia – como parte do alinhamento global proposto pela Stéphane Ratel Organisation (SRO) para as séries Sprint que a empresa do francês organiza. Haverá ainda o Blancpain GT World Challenge Europa e o Blancpain GT World Challenge Americas, com participação de pilotos e construtores nas três séries, competindo por um título paralelo às competições propriamente ditas.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *