AsLMS: abertura da temporada com 27 carros

A
22_United_Autosports_Ligier_AsLMS_Shanghai_2018_Test-2
Com quatro carros inscritos, a United Autosports vai batalhar em duas frentes no Asian Le Mans Series em 2018/19

RIO DE JANEIRO – Crescimento: essa é a palavra-chave do Asian Le Mans Series (AsLMS) às vésperas de se começar mais um campeonato. As perspectivas parecem tão boas ou melhores quanto 2016/17, a temporada em que a competição teve seus melhores grids em termos de quantidade, decaindo um pouco no último certame.

Para 2018/19, entretanto, com o interesse crescente das equipes europeias e a possibilidade de conquista de vagas automáticas para a disputa da próxima edição das 24h de Le Mans, os organizadores comemoram um grid de quase 30 carros em Xangai para a primeira rodada de um total de quatro previstas.

A Agile 4h de Xangai será disputada por 27 inscritos em quatro categorias diferentes – LMP2, dos protótipos ainda dentro do antigo regulamento ACO/FIA, com múltiplas opções de motores e chassis; a LMP3 com regulamento padrão de motor, câmbio, pneus e eletrônica e os modelos Grã-Turismo, que se dividem desde os LMGTE – permitidos por regulamento e GT300, passando pelos GT3 FIA e pelos carros Cup (Audi, Porsche, Ferrari e Lamborghini).

Ao todo, estarão presentes à rodada inaugural 18 protótipos – divididos em oito LMP2 e 10 LMP3 – e nove modelos Grã-Turismo, sendo cinco GT3 e quatro GT Cup, todos Porsche.

24_Algrave_Pro_Ligier_AsLMS_Shanghai_2018_Test
Harrison Newey será um dos pilotos da Algarve Pro Racing, que disputará em paralelo a LMP2 AM

Como novidade, a LMP2 está dividida em PRO e AM – esta última, para tripulações de pilotos com graduação inferior, oferecendo o benefício de uma vaga direta a La Sarthe. Contudo, apenas a Algarve Pro Racing e a ARC Bratislava têm carros com pelo menos dois pilotos bronze.

Campeã do ano passado, a Jackie Chan DC Racing X Jota entra na disputa com um único Oreca 05 Nissan na primeira etapa, a ser guiado pelos malaios que disputam o WEC – Nabil Jeffri, Weiron Tan e Jazeman Jaafar. A principal oposição ao time chinês deve vir da United Autosports, que inscreveu dois protótipos Ligier JS P2, da Spirit Of Race – que conta com o brasileiro Pipo Derani – e da Panis-Barthez Competition.

Correndo por fora, estará um dos carros da Algarve Pro Racing, o que tem Harrison Newey (filho do mago Adrian) a bordo, junto a Andrea Pìzzitola e Ate Dirk de Jong.

36_Eurasia_Ligier_AsLMS_Shanghai_2018_Test
A Eurasia optou por se concentrar apenas na LMP3 na rodada inaugural, com Nobuya Yamanaka formando dupla com Aidan Read na abertura do campeonato

Na LMP3, sete equipes compõem o alentado plantel, cheio de novidades. A United Autosports não economizou e levou dois carros para a China, assim como a Ecurie Ecosse/Nielsen e também a Jackie Chan DC Racing X Jota, também atual campeã desta categoria. A equipe chinesa, contudo, não tem ainda seus pilotos 100% definidos: de última hora, Hugo de Sadeleer pintou por lá e arrumou um assento no carro #38, que dividirá com Neric Wei e Josh Burdon, que ano passado defenderam a KCMG.

Outras boas novas são a presença da Inter Europol Competition e da R24, um time assistido pela Eurointernational e que vai alinhar só mulheres ao longo da temporada. No carro #50, que tem o objetivo de conquistar a sonhada vaga para Le Mans, estarão a belga Sarah Bovy e a holandesa Stephane Kox, filha do experiente Peter Kox – que está em Xangai dando apoio à herdeira. Keiko Ihara é uma espécie de madrinha informal da equipe feminina.

11_Car_Guy_Ferrari_AsLMS_Shanghai_2018_Test-2
A CarGuy conta com James Calado para buscar uma das vagas automáticas para Le Mans no próximo ano

Quatro equipes dão as caras entre os GT, com a TianShi Racing Team trazendo nomes de peso feito o britânico Rob Huff e o belga Dries Vanthoor para o primeiro desafio do ano. Os oponentes também jogam pesado: a CarGuy vem com James Calado e a Spirit Of Race, única equipe com carros LMP2 e GT, traz além do veterano brasileiro Oswaldo Negri (na lista de inscritos, identificado como sendo dos USA) e Ale Pier Guidi.

Os quatro Porsche 911 GT3 Cup têm gente boa a bordo, como Philippe Descombes e Benny Simonsen – irmão do saudoso Allan Simonsen – com o carro da Modena Motorsports. E até o piloto da Porsche na IMSA e antigo vencedor das 24h de Le Mans, o neozelandês Earl Bamber, comparece com um bólido em seu nome, para Graeme Dowsett e Jeffrey Chiang, piloto de Taipei.

Os carros participam nesta sexta-feira de treinos livres extra-oficiais, após um teste aberto nesta quinta. O carro #22 da dupla Phil Hanson/Paul Di Resta foi o mais rápido. Sábado acontece o treino que define o grid de largada e a corrida começa no domingo às 9h30 locais, 23h30 de sábado para domingo pelo horário de Brasília. O blog vai ter o streaming ao vivo do Qualifying e das 4h de Xangai. Não percam!

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames