Para quem não viu: IMSA Prototype Challenge, etapa de Road Atlanta

P

RIO DE JANEIRO – Também no pacote de provas preliminares da IMSA Weather Tech SportsCar Championship, a série IMSA Prototype Challenge também encerrou em Road Atlanta o seu calendário de corridas. Neste ano, foram seis no total, com novo regulamento de transição para o que vem por aí em 2019.

E neste campeonato – o último em que os protótipos Elan DP02 com motor Mazda competiram – o título ficou com Kris Wright, que venceu duas corridas (Barber e ViR) e foi ao pódio nas seis etapas do certame, somando 194 pontos, vinte a mais que o vice-campeão Austin McCusker, da Forty 7 Motorsports.

O brasileiro Leo Lamelas desempenhou um bom papel com o carro da Charles Wicht Racing. Venceu em Sebring e foi ao pódio em Barber, mas a metade de sua campanha foi irregular, impedindo que o piloto de 25 anos brigasse pelo título. Ele acabou em 4º lugar na classificação.

Uma história bacana da IMSA Prototype Challenge envolveu o retorno de Memo Gidley às pistas, após o terrível acidente sofrido na primeira prova da unificação entre ALMS e Grand-Am, há quatro anos. O experiente piloto não conseguiu resultados espetaculares – o melhor foi um 10º posto em Barber – mas só de o vermos de volta é muito significativo.

Na subclasse MPC, o título foi de Jon Brownson por diferença de dois pontos para Tazio Ottis/Bart Wolf. Brownson não deu margem a dúvidas, vencendo a última prova da temporada. Howard Jacobs ganhou duas com James French, mas não brigou diretamente pelo caneco – foi quarto colocado.

Para 2019, a Mazda retira o apoio à série, cujos carros vão usar pneus Michelin e disputar duas provas de maior duração, em Daytona e Mosport (Canadá), ambas com três horas de duração. A temporada começa no ROAR Before The Rolex Daytona 24, no fim de semana de 4 a 6 de janeiro.

Confira os melhores momentos da disputa final da temporada deste ano.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames