MENU

10 de janeiro de 2019 - 23:47Rali Dakar

Dakar 2019: Kariakin assume liderança nos UTVs após 4ª etapa

sergei-kariakin

Novo líder: triunfo na especial desta quarta deu a Sergey Kariakin e ao copiloto Anton Vlasiuk a liderança no Rali Dakar entre os SxS

RIO DE JANEIRO – O Rali Dakar tem novo líder – o terceiro – na disputa dos SxS, os UTVs. O russo Sergey Kariakin e o copiloto Anton Vlasiuk venceram nesta quinta-feira a quarta etapa, primeira perna da Maratona, entre Arequipa e Tacna. Única tripulação com o modelo BRP na competição, eles se beneficiaram de uma boa performance e ótima navegação ao longo dos mais de 400 km de percurso. E fizeram o melhor tempo sem problemas – após o neutralizado, dispararam para a ponta e por lá ficaram, após 4h23min59seg.

A vantagem para o 2º colocado, o chileno Rodrigo Moreno Piazzoli foi pra lá de confortável: quase 15 minutos. Além disso, Kariakin beneficiou-se de um mau dia para o então líder geral Chaleco López, que perdeu mais de uma hora ao longo do dia – sendo cerca de meia hora em cada um dos momentos em que enfrentou problemas. Também o vencedor da véspera, o espanhol Gérard Farres Guell, que largou todo pimpão na frente, não se segurou por ali desde o início e teve até sua dose de sorte para chegar em terceiro.

Porque os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin tiveram chance de destronar Kariakin como os vencedores do dia e tiveram a má sorte de perder terreno, quando tudo parecia que poderiam brigar pelo primeiro lugar ou, na pior das hipóteses, fechar com a segunda marca – o que não era de todo impossível. Mas acabaram por perder quase 22 minutos após o último waypoint, terminando o dia em quarto. Na geral, os atuais campeões estão a meia hora de Kariakin, no acumulado após quatro especiais realizadas.

Lourival Roldan e seu piloto português Miguel Jordão cumpriram mais uma especial de bom resultado – a dupla concluiu o dia com o 6º melhor tempo, a 43min15seg dos vencedores, tendo logo atrás os dois Can-Am do X-Rally Team, muito bem conduzidos por Marcos Baumgart/Kleber Cincea e Cristian Baumgart/Beco Andreotti – estes últimos vêm subindo de produção etapa após etapa, em que pese as normais dificuldades numa estreia como a da dupla do UTV #398.

No acumulado, Cristian e Beco já se aproximam do top 10 – estão em 11º lugar, a pouco mais de dois minutos dos portugueses Ricardo Porém e Jorge Monteiro. Marcos e Kleber seguem numa sólida sexta posição geral, à frente de Jordão/Roldan. Já Bruno Varela e seu navegador Maykel Justo enfrentaram uma série de dificuldades na especial anterior, completando a quarta etapa em 23º lugar – a 4h23min53seg dos vencedores. Como é uma etapa Maratona, só por milagre a dupla conseguirá o feito de sobreviver sem assistência remota, antes do sábado de descanso em Arequipa.

Etapa #4 – Arequipa-Tacna (Maratona)
Ligação: 259 km
Trecho cronometrado: 405 km
Total: 664 km

Resultado – SxS:

1. #344 Sergey Kariakin/Anton Vlasiuk (BRP) – 4h23min59seg
2. #421 Rodrigo Moreno Piazzoli/Jorge Araya (Can-Am) – a 14min26seg
3. #358 Gérard Farres Guell/Daniel Oliveras Carreras (Can-Am) – a 16min08seg
4. #340 Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Can-Am) – a 26min11seg
5. #361 Ignácio Casale/Americo Aliaga (Yamaha) – a 33min10seg
6. #372 Miguel Jordão/Lourival Roldan (Can-Am) – a 43min15seg
7. #412 Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Can-Am) – a 45min14seg
8. #398 Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Can-Am) – a 51min05seg
9. #343 Casey Currie/Rafael Tornabell Cordoba (Can-Am) – a 53min51seg
10. #376 Ricardo Porém/Jorge Monteiro (Can-Am) – a 1h00min15seg

Classificação geral extra-oficial:

1. Kariakin/Vlasiuk – 14h32min33seg
2. Farres Guell/Oliveras Carreras – a 11min26seg
3. Moreno Piazzoli/Araya – a 30min00seg (+2min de penalização)
4. Varela/Gugelmin – a 30min30seg
5. Chaleco/Quintanilla – a 1h08min48seg
6. Baumgart/Cincea – a 1h12min13seg
7. Jordão/Roldan – a 1h26min51seg
8. Casale/Aliaga – a 1h38min02seg
9. Currie/Tornabell Cordoba – a 1h41min48seg (+20min de penalização)
10. Porém/Monteiro – a 2h06min39seg

Comentários encerrados.