MENU

15 de janeiro de 2019 - 17:24Rali Dakar

Dakar 2019: Loeb reina de novo e Al-Attiyah dispara rumo ao título

20191151712678_AP-1Y4WC1H6D2111_hires_jpeg_24bit_rgb_II

Mais uma especial na conta para o “Pelé” do WRC: Sébastien Loeb alcançou a terceira posição geral com o triunfo desta terça na Super Ica (Foto: Flavien Duhamel/Red Bull Content Pool/Reprodução Grande Prêmio)

RIO DE JANEIRO – Quatro vitórias em oito especiais: Sébastien Loeb e Daniel Elena têm feito um trabalho espetacular na disputa de 2019 do Rali Dakar, apesar das dificuldades inerentes a uma equipe não-oficial de fábrica e os problemas técnicos que acontecem – sem contar os percalços ao longo dos percursos cronometrados.

Pois o francês da PH-Sport deu um show na Super Ica, a 8ª especial entre San Juan de Marcona e Pisco. Venceu com um desempenho espetacular os 360 km cronometrados em 3h54min53seg, quase oito minutos mais rápido que Nasser Al-Attiyah. Por ter largado algum tempo depois dos cinco primeiros colocados – precisamente mais de 2h30min depois do líder geral – após a primeira parte da especial, Loeb forçou o ritmo e conseguiu ser o mais rápido com boa margem para o piloto da Toyota, que continua como líder do agregado 46min29seg à frente do espanhol Nani Roma, da Mini. Com isso, o francês alcançou a terceira posição geral por conta de sua performance de hoje.

Stéphane Peterhansel começou bem, chegou a figurar com o segundo tempo na passagem dos primeiros waypoints da etapa, mas perdeu muito tempo e terminou o dia mais de meia hora atrasado. O “Monsieur Dakar” vê o sonho do 14º título cada vez mais distante. Mas seu dia não foi pior que o de Cyril Despres e Carlos Sainz, que ficaram atolados e perderam muito mais tempo que Peterhansel. “El Matador” tinha o melhor tempo, perdeu cerca de meia hora e depois foi se atrasando mais e mais – ficou a mais de uma hora e meia de Loeb…

Sem chance de brigar por um lugar no pódio, Kuba Przygonski busca pelo menos terminar novamente no top 5: o polonês foi terceiro hoje, seguido por Giniel De Villiers – outro que não tem mais nenhuma chance de título, assim como o saudita Yazeed Al Rajhi e o tcheco Martin Prokop. Pela primeira vez entre os dez melhores, pudemos ver o Peugeot de Pierre Lachaume, que já conta com incríveis 70 horas de atraso em relação ao líder geral.

Etapa #8 – San Juan de Marcona-Pisco
Ligação: 215 km
Trecho cronometrado: 360 km
Total: 575 km

Resultado – carros:

1. #306 Sébastien Loeb/Daniel Elena (Peugeot) – 3h54min53seg
2. #301 Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Toyota) – a 7min27seg
3. #303 Kuba Przygonski/Tom Colsoul (Mini) – a 15min15seg
4. #302 Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Toyota) – a 15min55seg
5. #307 Nani Roma/Alex Haro Bravo (Mini) – a 15min57seg
6. #314 Yazeed Al Rajhi/Timo Gottschalk (Mini) – a 22min51seg
7. #305 Martin Prokop/Jan Tomanek (Ford) – a 28min36seg
8. #304 Stéphane Peterhansel/David Castera (Mini) – a 31min41seg
9. #325 Pierre Lachaume/Jean-Michel Polato (Peugeot) – a 36min22seg
10. #319 Ronan Chabo/Gilles Pillot (Toyota) – a 41min16seg

Classificação geral extra-oficial:

1. Al-Attiyah/Baumel – 29h15min50seg
2. Roma/Haro Bravo – a 46min29seg
3. Loeb/Elena – a 46min45seg
4. Peterhansel/Castera – a 53min30seg
5. Despres/Cottret – a 2h12min27seg
6. Przygonski/Colsoul – a 2h19min50seg
7. Prokop/Tomanek – a 2h56min07seg
8. Al Rajhi/Gottschalk – a 3h54min57seg
9. Sainz/Cruz – a 6h42min15seg
10. De Villiers/Zitzewitz – a 7h01min01seg (+4min de penalização)

1 comentário

  1. Mika disse:

    Grande Loeb!
    Difícil ser campeão, mas já fez um grande Dakar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *