MENU

16 de janeiro de 2019 - 16:56Rali Dakar

Dakar 2019: Varela ganha 9ª etapa como prêmio de consolação e Chaleco ruma ao título nos SxS

20191161655100_340__dk19_marcelomachadodemelo_085666_II

Sem qualquer chance de levar o bicampeonato nos SxS, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin venceram a penúltima etapa em Pisco (Foto: Marcelo Machado de Melo/Reprodução Grande Prêmio)

RIO DE JANEIRO – A oitava etapa do Rali Dakar nos SxS golpeou as pretensões de título de Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin. A dupla perdeu quase 1h30min por problemas mecânicos ao longo da especial de San Juan de Marcona a Pisco, a chamada “Super Ica”, que lhes rendeu apenas o 15º lugar. Isto posto, a dupla ainda campeã na categoria, já que os novos campeões serão consagrados amanhã, teve como prêmio de consolação o melhor tempo da penúltima especial disputada em Pisco, com total de 313 km.

Com a marca de 4h20min02seg, superou o espanhol Gérard Farres Guell (um de seus companheiros de equipe) por 3min03seg e ao chileno Chaleco López por pouco mais de onze minutos. Não fosse a falha mecânica no dia anterior, e talvez Varela/Gugelmin pudessem sonhar com o bicampeonato consecutivo. Mas terminar no pódio geral será espetacular de todo modo e eles estão em 3º antes da etapa final.

A equipe X-Rally Team continua muito bem na prova: Marcos Baumgart/Kleber Cincea alcançam o quinto posto na classificação geral e hoje terminaram em oitavo, a 1h10min09seg dos vencedores. Já Cristian Baumgart e Beco Andreotti tiveram problemas mecânicos e aguardavam a assistência para poder voltar à prova. O binômio brasileiro chegou a figurar com o quarto melhor tempo nos waypoints – e ontem, tinham conquistado um excepcional 2º posto.

Eles estavam em sétimo lugar no geral e com os problemas que enfrentam nesta quarta-feira, não sabemos para onde cairão na geral. Já a dupla luso-brasileira formada por Miguel Jordão e Lourival Roldan completaram a etapa em sétimo e sobem para 6º na geral.

Destaque para o décimo lugar de Annett Fischer/Andrea Peterhansel – esta última é nada menos que a senhora Stéphane Peterhansel, anteriormente navegadora de Caminhões, Carros e piloto de Motos, mais conhecida no passado como Andrea Mayer. A alemã de 51 anos não disputava o Rali Dakar desde 2011. Extra-oficialmente, a dupla feminina ocupa a décima-segunda colocação.

Etapa #9 – Pisco-Pisco
Ligação: 96 km
Trecho cronometrado: 313 km
Total: 409 km

Resultado – SxS:

1. #340 Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Can-Am) – 4h20min02seg
2. #358 Gerard Farres Guell/Daniel Oliveras Carreras (Can-Am) – a 3min03seg
3. #360 Chaleco López/Alvaro Quintanilla (Can-Am) – a 11min26seg
4. #366 Hernán Garces/Juan Pablo Latrach (Can-Am) – a 33min04seg
5. #343 Casey Currie/Rafael Tornabell Cordoba (Can-Am) – a 34min38seg
6. #418 Jose Antonio Hinojo Lopez/Rafael Blanco (Can-Am) – a 55min10seg
7. #372 Miguel Jordão/Lourival Roldan (Can-Am) – a 58min51seg
8. #412 Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Can-Am) – a 1h10min09seg
9. #342 Juan Carlos Vallejo/Leonardo Baronio (Can-Am) – a 1h10min12seg
10. #385 Annett Fischer/Andrea Peterhansel (Can-Am) – a 1h20min05seg

Classificação geral extra-oficial:

1. Chaleco/Quintanilla – 40h47min46seg
2. Farres Guell/Oliveras Carreras – a 59min46seg
3. Varela/Gugelmin – a 1h11min29seg
4. Currie/Tornabell Cordoba – a 2h26min42seg (+20min de penalização)
5. Moreno Piazzoli/Araya – a 3h05min22seg (+2min de penalização)
6. Baumgart/Cincea – a 3h37min10seg
7. Jordão/Roldan – a 3h53min52seg
8. Hinojo Lopez/Blanco – a 4h09min59seg (+9min de penalização)
9. Baumgart/Andreotti – a 5h24min459seg
10. Porém/Monteiro – a 9h31min48seg (+1h22min25seg de penalização)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *