MENU

25 de janeiro de 2019 - 16:12Rali

Ogier assume liderança do Rali de Monte-Carlo

RIO DE JANEIRO – Mudanças no segundo – e complicado – dia do Rali de Monte-Carlo, primeira etapa do Mundial de Rali (WRC). Para começo de conversa, a SS3 (Valdrome-Sigottier) foi cancelada por total falta de segurança. Vários trechos da estrada foram invadidos e isto impossibilitou a realização de mais uma especial.

Assim, a competição propriamente dita prosseguiu com o primeiro loop matinal acontecendo na SS4 entre Roussieux e Laborel. E nesse trecho de pouco mais de 24 km, Sébastien Loeb conquistou sua primeira vitória em especiais com a nova equipe – Hyundai – e a 916ª da carreira, por apenas meio segundo à frente de Thierry Neuville.

15467_SebOgier-MonteCarlo2019_002_896x504

Mas o xará e atual hexacampeão mundial Sébastien Ogier, também em prova de estreia – só que na Citroën – ganhou as especiais seguintes entre Curbans e Piegut e a etapa entre Valdrome e Sigottier, cancelada mais cedo. O detalhe é que a liderança geral, que após duas especiais era de Ott Tänak e sua Toyota, passou às mãos de Thierry Neuville noutro Hyundai i20.

Na SS7, já no segundo loop entre Roussieux e Laborel, Loeb voltou a se mostrar mais à vontade com seu carro e foi de novo o mais rápido. Ogier foi o terceiro a pouco mais de nove segundos e Neuville perdeu praticamente 25 para o colega de equipe. Isto abreviou a liderança do belga e deu o comando da classificação a Ogier por 14 segundos.

Só que o belga deu o troco na última especial do dia (Curbans-Piegut 2). Foi o mais rápido dessa perna com pouco mais de sete segundos à frente de Ott Tänak, enquanto Ogier perdeu 12 segundos para o vice-campeão mundial e Loeb, num Rali de Monte-Carlo repleto de altos e baixos, ficou a 22 segundos e quatro décimos de Neuville.

Com metade das 16 especiais cumpridas, Ogier e Neuville travam um duelo palmo a palmo pela primeira vitória do ano – eles vêm separados por apenas dois segundos, com Loeb já um pouco mais distante e em 5º lugar apenas, atrás de um discreto Andreas Mikkelsen e de Jari-Matti Latvala.

Quem saiu da luta pelas primeiras posições foi Esapekka Lappi, que teve um acidente no segundo loop de Valdrome a Sigottier e agora só volta para tentar pontos no Power Stage. Na Toyota, tanto Tänak quanto Kris Meeke sofreram com furos de pneus e se atrasaram na classificação.

No WRC2, Gus Greensmith teve um dia muito mais produtivo que na véspera, conseguindo uma ótima recuperação em sua classe e alcançando a 9ª posição geral com seu Ford, seguido por Yoann Bonato por apenas seis segundos e seis décimos. Quem volta a estar bem perto de um top 10 no Rali de Monte-Carlo é Stéphane Sarrazin, que subiu oito colocações em relação à véspera e já se encontra em décimo-primeiro.

O sábado será de mais quatro trechos cronometrados – duas passagens pela manhã e à tarde por Agnieres En Devoluy-Corps e St. Leger les Melezes-La Batie Neuve. Domingo, a cereja do bolo: o lendário Col de Turini, com o Power Stage acontecendo entre La Cabanette e Col de Braus.

Classificação geral provisória do Rali de Monte-Carlo:

1 – Ogier-Ingrassia (Citroen C3) – Citroen – 1.37’17″3
2 – Neuville-Gilsoul (Hyundai i20) – Hyundai – 2″0
3 – Mikkelsen-Jaeger Amland (Hyundai i20) – Hyundai – 1’17″7
4 – Latvala-Anttila (Toyota Yaris) – Toyota – 1’25″1
5 – Loeb-Elena (Hyundai i20) – Hyundai – 1’25″9
6 – Evans-Martin (Ford Fiesta) – M Sport – 1’47″5
7 – Tanak-Jarveoja (Toyota Yaris) – Toyota – 2’34″9
8 – Meeke-Marshall (Toyota Yaris) – Toyota – 5’33″0
9 – Greensmith-Edmondson (Ford Fiesta WRC2) – M Sport – 7’00″1
10 – Bonato-Bolloud (Citroen C3 WRC2 – Citroen – 7’06″7

1 comentário

  1. Pedro Ribeiro disse:

    Ogier tá monstrão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *