MENU

2 de fevereiro de 2019 - 08:56Intercontinental GT Challenge

12h de Bathurst: GruppeM herda pole; Aston Martin é punido

GruppeM-AMG-Sat-770x480

RIO DE JANEIRO – A equipe asiática GruppeM Racing vai largar na frente do pelotão de 38 carros que disputará neste domingo em Mount Panorama as 12h de Bathurst, prova de abertura do calendário do Intercontinental GT Challenge. A Mercedes-AMG #999 da trinca Maxi Bühk/Raffaele Marciello/Maximilian Götz tinha sido a segunda mais veloz no Top 10 Shootout, mas ganhou por herança a pole position.

Tudo porque o Aston Martin #62 da R-Motorsport que terá Jake Dennis/Matthieu Vaxivière/Marvin Kirchöfer durante a disputa na Austrália foi duplamente punida: originalmente já não largariam da pole por conta de uma penalidade por excesso de velocidade nos boxes (largariam duas posições atrás). Na vistoria técnica, outra irregularidade detectada com o limitador de giro do modelo britânico fez a equipe ser eliminada do Top 10 Shootout. Em consequência disto, largarão em 12º lugar.

Faz parte. Mas o britânico Dennis tinha sido espetacular na luta pela primeira posição, antes das punições, batendo Marciello por dois décimos de segundo. Longe, porém, do recorde oficial do circuito obtido há três anos por Shane Van Gisbergen em 2’01″286. O tempo de “Lello” foi 2’02″934.

As Mercedes-AMG GT3 estarão na primeira fila do grid, pois Maro Engel, terceiro mais rápido do Shootout, larga em segundo com o carro #77 da Craft-Bamboo Black Falcon que divide com Luca Stolz e Gary Paffett.

O Bentley Continental quebrou uma possível trifeta da marca germânica na linha de frente, com Steven Kane conseguindo um tempo melhor que o do local David Reynolds. O carro #107 de Kane/Gounon/Pepper divide a segunda fila com o #777 de Reynolds/Shahin/Youlden, também o melhor carro entre os inscritos da subclasse A Pro-Am.

O melhor Audi parte da P5 com Kelvin Van der Linde/Garth Tander/Frédéric Vervisch, seguido do Porsche da EBM com Matt Campbell/Dirk Werner/Dennis Olsen. Yelmer Buurman, que fora muito bem no treino que definiu o Top 10 do Shootout, não encaixou uma volta boa e larga em sétimo, com o outro Audi da Valvoline em oitavo e o Nissan #18 da KCMG em nono. Fecham os dez primeiros o primeiro carro eliminado do treino anterior – o Bentley de Andy Soucek/Vincent Abril/Maxime Soulet.

A largada para as 12h de Bathurst será às 5h45 locais (16h45 deste sábado, pelo horário de Brasília). Acompanhe neste vídeo a disputa na íntegra, pois o blog é proibido de fazer o “embed” do streaming da corrida australiana, como já aconteceu noutras ocasiões.

Compartilhar

4 comentários

  1. Fernando Silva disse:

    Ontem consegui acompanhar uma parte do treino pelo youtube…ficarei ligado para a corrida e parece que os Mercedes AMG darão as cartas embora, numa corrida de 12h, tudo pode acontecer.

  2. Antonio Seabra disse:

    Os ultimos 15 minutos foram simplesmente espetaculares !!!!
    Que grande corrida do Matt Campbell.
    Mas todos os que disputavam as 6 ou 7 primeiras posições merecem destaque, show absoluto. E o circuito de Mount Panorama é fantástico !!!! Taí uma pista onde eu gostaria de dar uma voltinha, ainda que fosse apenas uma, pra conhecer de dentro.

    Antonio

  3. Rafael Placce disse:

    Rodrigo, o ‎Brabham BT62, que nesse fim de semana bateu o recorde não oficial da pista durante uma volta de apresentação, com 1’58”, mesmo tendo problemas com o cambio na desaceleração da Mountain Straight, para fazer a tomada da Grffins Bend, não se encaixa em nenhuma categoria da FIA? (o vídeo no canal da Brabhan no youtube é sensacional)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *