MENU

15 de fevereiro de 2019 - 12:00Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (433)

DzcaYt_U8AE3Mp0

RIO DE JANEIRO – Um Voyage multicolorido e mexido? Pois é… este era o carro de Guillermo “Yoyo” Maldonado, um dos maiores pilotos argentinos dos últimos 40 anos, no TC2000.

O registro é da temporada 1989, quando o piloto já estava fora dos monopostos após dominar por um bom período a Fórmula 2 Sudam com seu lendário Berta nas cores dos cigarros 43/70 e se aposentar logo após o primeiro ano da Fórmula 3 continental, em 1987.

“Yoyo” não pôde naquele ano com os Renault Fuego preparados em Alta Gracia, na oficina de Oreste Berta. Ganhou duas provas, em Las Parejas e Nueve de Julio. Foi o 3º colocado com 73 pontos, bem distante dos pilotos que dominaram a temporada – Miguel Angel Guerra e Juan Maria “El Flaco” Traverso, que é considerado o maior piloto da história da categoria.

Em tempo: o Voyage, tal como conhecíamos, não tinha este nome em terras argentinas. Por lá, o carro se chamava… Gacel. Não me perguntem o motivo…

Há 30 anos, direto do túnel do tempo.

2 comentários

  1. Alex disse:

    Gostei da pintura do carro. A Argentina ainda tem bons campeonatos hoje mas até a década de 70 as coisas eram de outro nível: com Oreste Berta, com protótipos avançados e potentes, bons pilotos e tudo mais.

  2. Renato disse:

    GaceI e bom!! Kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *