Mais mulheres ao volante

M

KesselAllFemale

RIO DE JANEIRO – Sexta-feira especialíssima para as mulheres no automobilismo. Além do anúncio de Tatiana Calderón como piloto titular na Fórmula 2 pela BWT Arden, hoje a Kessel Racing confirmou o que já se especulava: a formação de uma trinca feminina para a disputa da temporada integral do European Le Mans Series.

O time suíço terá duas Ferrari 488 GT3 (inclusive, com vaga confirmada nas 24h de Le Mans) e uma delas será das moças da foto acima. Da esquerda para a direita, são elas a italiana Manuela Göstner (34 anos), a suíça Rahel Frey (32) e a dinamarquesa Michelle Gatting (25) – que incluisve está em Sepang para a disputa da etapa final do Asian Le Mans Series.

Não satisfeita com a vaga direta – Claudio Schiavoni é o piloto indicado – Ronnie Kessel confirma que fez um dossiê de inscrição para suas três pílotos, na classe LMGTE-AM. Mas é pouco provável que o comitê de seleção do ACO aceite essa inscrição.

Quanto à carreira no esporte, Göstner e Rahel Frey têm muito mais experiência que Michelle Gatting, que começou no automobilismo local, com participações esporádicas em provas de Porsche Cup e também no GT Open.

A participação do trio recebe o apoio maciço da própria FIA, através da Comissão Women in Motorsport, que é presidida pela lenda francesa Michele Mouton.

“Após uma primeira e ótima experiência nas 12h do Golfo em Abu Dhabi, ano passado, as três têm a merecida oportunidade de competir na temporada completa do ELMS”, avalia Michele. “Essa iniciativa da Kessel Racing é para mostrar que pilotos do sexo feminino são mais do que capazes de lutar na frente quando recebem as oportunidades certas”.

Elas vão conduzir o carro com o dorsal #83 e duelar contra os adversários das equipes Luzich Racing Partners, Spirit of Race, Team Project 1, JMW Motorsport, Dempsey Racing-Proton, Ebimotors e Proton Competition.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

2 Comentários

  • Boa tarde Mattar, primeiramente o uniforme da trinca com cores rosa e azul podem causar um aneurisma em certa ministra, mas deixa pra lá. Não entendi a questão de Le Mans, a equipe tem 2 carros, e só um com vaga na corrida com outro piloto, e a equipe está tentando a inclusão da trinca feminina?

    • Está. A Kessel mandou mais uma reserva de inscrição além da automática. O que a equipe pode fazer depois é tirar o Schiavoni e colocar as garotas no lugar. Não é impossível.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames