MENU

15 de fevereiro de 2019 - 08:56Fórmula 1

SF90

RIO DE JANEIRO – Vermelho fosco e preto no layout. Eis os detalhes que mais chamaram a atenção na apresentação da Ferrari SF90 nesta sexta-feira. O carro construído para rivalizar com a Mercedes-Benz ao longo da temporada de 2019 está aí pra todo mundo ver.

A sigla do bólido é comemorativa. Em 16 de novembro, a imortal criação de Enzo Ferrari chega a nove décadas de história. Momento de celebração para a equipe mais tradicional da história, com 970 GPs disputados desde 1950 (a categoria tem 997), somando 235 vitórias e dezesseis títulos mundiais de Construtores – o último em 2008.

E é em nome dessa tradição – e para também quebrar uma escrita de mais de uma década sem títulos, que a Ferrari promoveu suas principais mudanças. Fora da pista, claro: com a defecção de Maurizio Arrivabene e a chegada de Mattia Binotto para chefiar a escuderia e a chegada de Charles Leclerc para o posto de Kimi Räikkönen. O monegasco promete ser a pedra no sapato de Sebastian Vettel.

Será que a Ferrari deixa o quase de lado e chega lá, no topo?

Compartilhar

1 comentário

  1. Claudio disse:

    Sei lá, pelas primeiras imagens não gostei, acho que ficou estranho. Assim como a Alfa, na segunda feira no início dos testes vai dar para ter uma idéia melhor de como fica o visual do carro na pista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *