MENU

26 de fevereiro de 2019 - 11:46Super GT

Super GT 2019: confirmados 44 inscritos

014-1280x854

O grid da GT300 será o mais fornido do Super GT, como já é de hábito: divisão terá 29 inscritos e a presença do brasileiro João Paulo de Oliveira, agora num Aston Martin

RIO DE JANEIRO – A menos de 50 dias para o início da temporada 2019, o Super GT já tem seu plantel confirmado pela GTA, organizadora da competição. É a mesma quantidade de bólidos que foi vista no último ano – prova inequívoca que o regulamento e a proposta da série tem dado certo no Oriente.

Uma amostra da credibilidade do Super GT é que os japoneses se entenderam com o DTM e haverá duas provas casadas a permitir que os bólidos possam correr juntos. Ou seja: teremos confrontos não-oficiais, neste ano, entre Audi, Aston Martin e BMW contra Honda, Lexus e Nissan, lembrando que em 2020 a Toyota reassume seu nome com a volta do Supra às pistas nipônicas. Nesse mesmo ano, entra em vigor o regulamento “Classe 1”, que permitirá às máquinas do DTM competir no Super GT e vice-versa.

Por enquanto, o que temos é a mesma fórmula vitoriosa dos últimos anos. Os GT500 com seu plantel “imexível” de 15 carros e a GT300, mesclando os modelos GT3 FIA com os carros Mother Chassis cuja construção é a cargo da GTA, sem contar os Grã-Turismo do regulamento JAF, da Federação Japonesa de Automobilismo, envolvendo 29 inscrições e inúmeras novidades.

No campo dos pneus, estarão na pista as marcas Bridgestone, Michelin, Yokohama e Dunlop. O fornecedor francês tem clientes apenas na GT500. As demais marcas têm clientes nas duas categorias. A Bridgestone é maioria na GT500 com nove dos 15 carros calçados com seus pneus. Na GT300, com 20 carros, a Yokohama tem a maioria absoluta. Somente a McLaren Customer Racing Japan, representada este ano pelo Team Goh, ainda não anunciou seu fornecedor.

Como já dito parágrafos acima, Honda, Nissan e Lexus (Toyota) formam o plantel da GT500 entre os construtores – e na GT300, o buraco é muito mais embaixo: Mercedes-AMG, Aston Martin, Porsche, Nissan, Honda, Audi, Lexus (Toyota), Lamborghini e McLaren estarão representadas dentro do regulamento GT3 FIA, com novos carros feito a versão atualizada do Vantage da Aston Martin, o McLaren 720S GT3 e versões EVO de Honda, Lamborghini, Audi e Porsche. Dois modelos que competiram ano passado estão fora: o BMW M6 GT3 e o Bentley Continental não retornam em 2019.

Os “Mother Chassis”, concebidos com motor Nissan V8 4,5 litros e chassis construídos pela Dome, serão quatro: um Lotus Évora, dois Toyota 86 e outro representando o modelo Mark X. E a JAF homologa dois modelos: o Toyota Prius, pela primeira vez construído com motor dianteiro e dotado de sistema híbrido, e o Subaru BRZ com sua concepção de motor boxer, de cilindros opostos.

Eis os inscritos:

GT500

#1 RAYBRIG TEAM KUNIMITSU
Honda NSX-GT Concept (B)
Jenson Button/Naoki Yamamoto

#3 NDDP BY B-MAX RACING
Nissan GT-R (M)
Frédéric Makowiecki/Kohei Hirate

#6 LEXUS TEAM LEMANS WAKO’S
Lexus LC500 (B)
Kazuya Oshima/Kenta Yamashita

#8 AUTOBACS RACING TEAM AGURI
Honda NSX-GT Concept (B)
Tomoki Nojiri/Takuya Izawa

#12 CALSONIC TEAM IMPUL
Nissan GT-R (B)
Daiki Sasaki/James Rossiter

#16 TEAM MUGEN
Honda NSX-GT Concept (Y)
Hideki Mutoh/Daisuke Nakajima

#17 KEIHIN REAL RACING
Honda NSX-GT Concept (B)
Koudai Tsukakoshi/Bertrand Baguette

#19 LEXUS TEAM WEDS SPORT BANDOH
Lexus LC500 (Y)
Yuji Kunimoto/Sho Tsuboi

#23 MOTUL AUTECH NISMO
Nissan GT-R (M)
Ronnie Quintarelli/Tsugio Matsuda

#24 KONDO RACING
Nissan GT-R (Y)
Mitsunori Takaboshi/Jann Mardenborough

#36 LEXUS TEAM AU TOM’S
Lexus LC500 (B)
Yuhi Sekiguchi/Kazuki Nakajima

#37 LEXUS TEAM KEEPER TOM’S
Lexus LC500 (B)
Nick Cassidy/Ryo Hirakawa

#38 LEXUS TEAM ZENT CERUMO
Lexus LC500 (B)
Yuji Tachikawa/Hiroaki Ishiura

#39 LEXUS TEAM SARD DENSO KOBELCO
Lexus LC500 (B)
Heikki Kövalainen/Yuichi Nakayama

#64 MODULO NAKAJIMA RACING
Honda NSX-GT Concept (D)
Narain Karthikeyan/Tadasuke Makino

GT300

#2 CARS TOKAI DREAM 28
Lotus Évora MC (Y)
Kazuho Takahashi/Hiroki Katoh

#4 GOODSMILE RACING TEAM WITH UKYO
Mercedes-AMG GT3 (Y)
Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka

#5 TEAM MACH
Toyota 86 MC (Y)
Natsu Sakaguchi/Yuya Hiraki

#7 D’STATION RACING AMR
Aston Martin Vantage AMR GT3
João Paulo de Oliveira/Tomonobu Fujii

#9 PACIFIC RACING WITH GOOD SPEED
Porsche 911 GT3-R (2019)
Naoki Yokomizo/Kyosuke Mineo

#10 GAINER
Nissan GT-R Nismo GT3 (2018) (Y)
Kazuki Hoshino/Keichi Ishikawa

#11 GAINER
Nissan GT-R Nismo GT3 (2018) (D)
Katsuyuki Hiranaka/Hironobu Yasuda

#18 TEAM UPGARAGE
Honda NSX-GT3 (Y)
Takashi Kobayashi/Kosuke Matsuura

#21 AUDI TEAM HITOTSUYAMA
Audi R8 LMS EVO (Y)
Richard Lyons/Ryuchiro Tomita

#25 TSUCHIYA ENGINEERING
Toyota 86 MC (Y)
Takamitsu Matsui/Kimiya Sato

#30 APR
Toyota Prius PHV GR Sport GT300 (Y)
Hiroaki Nagai/Manabu Orido

#31 APR
Toyota Prius PHV GR Sport GT300 (B)
Koki Saga/Yukhi Nakayama

#33 X-WORKS
Nissan GT-R Nismo GT3 (2018) (Y)
Marchy Lee/Shaun Thong

#34 MODULO DRAGO CORSE
Honda NSX-GT3 EVO (Y)
Ryo Michigami/Hiroki Otsu

#35 ARTO PANTHER TEAM THAILAND
Lexus RC-F GT3 (Y)
pilotos a confirmar

#48 NILLZ RACING
Nissan GT-R Nismo GT3 (2017) (Y)
Masaki Tanaka/Taiyou Iida

#50 ARNAGE RACING
Mercedes-AMG GT3 (Y)
Masaki Kano/Hideto Yasuoka

#52 SAITAMA TOYOPET GREEN BRAVE
Toyota Mark X MC (Y)
Hiroki Yoshida/Shigekazu Wakisaka

#55 AUTOBACS RACING TEAM AGURI
Honda NSX-GT3 (B)
Shinichi Takagi/Nirei Fukuzumi

#56 KONDO RACING
Nissan GT-R Nismo GT3 (2018) (Y)
Kazuki Hiramine/Sacha Fenestraz

#60 LM CORSA
Lexus RC-F GT3 (D)
Hiroki Yoshimoto/Ritomo Miyata

#61 R&D SPORT
Subaru BRZ (D)
Takuto Iguchi/Hideki Yamauchi

#65 K2 R&D LEON RACING
Mercedes-AMG GT3 (B)
Haruki Kurosawa/Naoya Gamou

#87 JLOC
Lamborghini Huracán GT3 EVO (Y)
Yuya Motojima/Kimiya Sato

#88 JLOC
Lamborghini Huracán GT3 EVO (Y)
pilotos a confirmar

#96 K-TUNES RACING
Lexus RC-F GT3 (B)
Sena Sakaguchi/Morio Nitta

#360 TOMEI SPORTS
Nissan GT-R Nismo GT3 (2018) (Y)
Atsushi Tanaka/Takayuki Aoki

#720 McLAREN CUSTOMER RACING JAPAN TEAM GOH
McLaren 720S GT3 (TBA)
Seiji Ara/Álex Palou

4 comentários

  1. João Ferreira de Souza Neto disse:

    É um dos poucos campeonatos que há “guerra de pneus” no mundo. Quanto as provas casadas, já houve definição ou a tendência é serem Suzuka e Hockeinheim?

    Não sabia da Aston Martin na DTM…

    Imexível existe? Enfim, foi bem empregado no texto…rsrs

  2. Ricardo disse:

    Fala Rodrigo, suas analises dos campeonatos são sensacionais, em 2019 você pretende falar um pouco mais sobre o WTCR e o BTCC?? entry list, calendário, marcas envolvidas etc?? abraço

  3. Ivair disse:

    Rodrigo a junção da DTM e o Super GT é muito interessante. E uma bela saída da DTM, o risco dela não existir mais em função da saída da Mercedes-AMG era bem grande. Tomara que dê certo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *