MENU

31 de março de 2019 - 21:27Rali

Neuville herda vitória no Tour de Corse

2019331141943

Elfyn Evans e Thierry Neuville se cumprimentam ao fim do Tour de Corse: o azar do galês foi a sorte do piloto da Hyundai, que alcança a liderança do WRC entre os pilotos

RIO DE JANEIRO – Pensam que só Lewis Hamilton teve sorte neste fim de semana? Nada disso: no Tour de Corse, quarta etapa do Campeonato Mundial de Rali (WRC), um súdito da Rainha Elizabeth perdeu uma vitória límpida e cristalina.

Último dia de especiais do Rali da França e o galês Elfyn Evans, com o Ford Fiesta da M-Sport, que liderou o primeiro dia de trechos cronometrados e depois caiu para segundo, a apenas quatro segundos e meio de Thierry Neuville, emplacou o melhor tempo no SS13, para abrir onze segundos e meio em relação ao belga da Hyundai.

Só que o Power Stage de Calvi, com 19,34 km de percurso, foi cruel demais com Evans. Um furo de pneu, provocado por um contato com uma pedra ou uma mureta à margem das estradas que compuseram a etapa, minou seu desempenho. O dianteiro direito delaminou ao longo do trecho e o galês acabaria com o 22º tempo no SS14, a quase um minuto e meio do mais rápido, que fora Kris Meeke, da Toyota.

Assim, a vitória caiu no colo de Thierry Neuville, para a alegria de um incrédulo Andrea Adamo, que vence sua primeira prova como o chefão do time Hyundai. E foi um triunfo importante (10º da carreira em 101 oportunidades), pois o belga alcançou a liderança do campeonato.

Pensando nos pontos, Sébastien Ogier acabou por conquistar uma segunda colocação com gosto de vitória. Em nenhum momento o hexacampeão e a Citroën tiveram a chance de ser competitivos durante o Tour de Corse. Ele terminou a 40 segundos de Neuville, enquanto um frustrado Evans fechou o pódio numa posição que talvez não merecesse, após uma das melhores apresentações do piloto em toda a sua trajetória no WRC.

Dani Sordo fez um Tour de Corse bastante sólido e foi o 4º colocado, bem à frente de um decepcionante Sébastien Loeb, de quem sempre se espera mais. Talvez Andreas Mikkelsen, apeado desta etapa, tenha se sentido melhor quando viu que o grande campeão de todos os tempos não passou de uma oitava colocação, a mais de três minutos e meio de Neuville.

A Toyota, que vinha liderando entre os construtores, teve um evento bem complicado. Kris Meeke foi o mais rápido na busca dos pontos extras, mas não passou de 9º na geral. Ott Tänak, que chegara à Córsega como o líder entre os pilotos, foi sexto. Assim, baixou para terceiro a cinco pontos de Neuville e a três de Ogier. O construtor nipônico perdeu feio para todas as rivais, pois até Teemu Sunninen conquistou um bom resultado após várias etapas com problemas dos mais variados tipos.

No WRC2, vitória do italiano Fabio Andolfi, que chegou em 11º lugar na geral.

A quinta etapa do Mundial de Rali é o Rali da Argentina, de 25 a 28 de abril, na região de Córdoba.

Resultado final do Tour de Corse:

1 – Neuville-Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC) – 3.22’59″0
2 – Ogier-Ingrassia (Citroen C3 WRC) – 40″3
3 – Evans-Martin (Ford Fiesta WRC) – 1’06″6
4 – Sordo-Del Barrio (Hyundai i20 Coupe WRC) – 1’18″4
5 – Suninen-Salminen (Ford Fiesta WRC) – 1’24″6
6 – Tanak-Jarveoja (Toyota Yaris WRC) – 1’40″0
7 – Lappi-Ferm (Citroen C3 WRC) – 2’09″1
8 – Loeb-Elena (Hyundai i20 Coupe WRC) – 3’39″2
9 – Meeke-Marshall (Toyota Yaris WRC) – 5’06″3
10 – Latvala-Anttila (Toyota Yaris WRC) – 6’44″6

Classificação do campeonato após a 4ª etapa:

1. Thierry Neuville – 82 pontos
2. Sébastien Ogier – 80
3. Ott Tänak – 77
4. Elfyn Evans – 43
5. Kris Meeke – 42
6. Esapekka Lappi – 26
7. Sébastien Loeb – 22
8. Dani Sordo – 16
9. Jari-Matti Latvala – 15
10. Teemu Sunninen – 14
11. Andreas Mikkelsen – 12
12. Benito Guerra – 8
13. Gus Greensmith e Marco Bulacia – 6
15. Pontus Tidemand e Yoann Bonato – 4
17. Ole Christian Veiby e Stéphane Sarrazin – 2
19. Adrien Fourmaux, Janne Tuohino e Ricardo Triviño – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *