MENU

4 de abril de 2019 - 13:03European Le Mans Series

Casa cheia na abertura do ELMS

5ad33471ccabb

RIO DE JANEIRO – Saiu a lista de inscritos para a abertura da temporada 2019 do European Le Mans Series (ELMS) e, provavelmente, para as sessões de testes que se realizarão segunda e terça-feira, antes do início da programação oficial da 1ª etapa – as 4h de Le Castellet, em Paul Ricard.

Prólogo e corrida do próximo dia 14 terão a presença de 41 carros – serão dezoito protótipos LMP2, catorze LMP3 e nove LMGTE.

A divisão principal da categoria europeia tem, pela primeira vez em muito tempo, maioria de participantes. São 14 as equipes inscritas e três os construtores representados: Dallara com apenas um carro, Ligier com seis e os restantes são os modelos da Oreca.

Algumas escuderias trocaram de fornecedor. É o caso da High Class Racing, que vai de Oreca neste ano e também da Algarve Pro Racing, que após dois anos com o Ligier JS P217 optou por dar a seus pilotos o mesmo equipamento – igualmente o Oreca 07 construído no ateliê de Hughes de Chaunac.

A outra novidade é o acordo costurado pela G-Drive Racing, que a exemplo da Signatech Alpine Matmut no WEC, vai rebatizar seu protótipo com outro nome. No caso, da marca russa de carros de luxo Aurus. O #26 do time assistido pela TDS Racing chamar-se-á Aurus 01 a partir deste ano.

Com relação aos pilotos confirmados para o primeiro fim de semana do ano, três equipes optaram por dois pilotos apenas e as demais, por três. Nico Lapierre deixou a DragonSpeed rumo a Cool Racing e em seu lugar surge James Allen, ex-Graff Racing. Phil Hanson forma a dupla no carro #22 da United Autosports com Paul Di Resta, na parceria que se revelou vitoriosa no Asian Le Mans Series – já que Filipe Albuquerque estará a serviço da AX Racing, nos EUA. Ryan Cullen e Alex Brundle dividirão o #32 do time de Zak Brown e Richard Dean.

Na Panis Barthez Competition, não foi definido ainda se Timothé Buret e Konstantin Tereschenko terão mais um parceiro. A G-Drive escalou Norman Nato para a vaga de Jean-Éric Vergne, que ficará retido em Roma no fim de semana da 7ª etapa da Fórmula E. Também por compromissos já assumidos, Harry Tincknell não estreia pela Carlin junto a Ben Barnicoat e Jack Manchester. Em seu lugar, estará o experiente francês Olivier Pla.

Bruno Senna fará sua estreia pela equipe RLR MSport e, consequentemente, seu regresso à categoria. Ele dividirá o carro #43 com John Farano e Arjun Maini, que vem da Fórmula 2. E não será mais o único brasileiro, já que há alguns dias o veterano Thomas Erdos foi anunciado pela United Autosports, para partilhar o carro #2 da classe LMP3 com Garret Grist e Wayne Boyd.

Aliás, com muitas equipes migrando para o Michelin Le Mans Cup, a LMP3 deu uma esvaziada no ELMS. O grid será composto por 10 protótipos Ligier e quatro Norma, com diversas caras novas na lista de entradas e pelo menos uma vaga a se preencher. Inter Europol Competition e United Autosports serão os times que darão “duplo expediente” na temporada.

Outras equipes que vinham com presença regular na série – Speed Factory, DKR Engineering, AT Racing, Racing For Poland, Virage Team e até a Eurointernational, que reduziu sua participação, optaram pela série Michelin Le Mans Cup, preliminar de várias provas do Europeu e também das 24h de Le Mans, por questão de custos.

Em contrapartida, o grid da LMGTE cresceu. Mas há apenas duas marcas – Porsche e Ferrari – representadas. De novidades, a participação da Luzich Racing, egressa do GT Open e da Kessel Racing, graças ao convite automático para as 24h de Le Mans.

O time de Peter Luzich terá nesta primeira corrida o trio formado por Ale Pier Guidi/Nicklas Nielsen/Fabien Lavergne, enquanto a grande atração nas hostes de Ronnie Kessel é a formação feminina com Rahel Frey/Michele Gatting/Manuela Göstner.

As outras equipes com Ferrari serão a Spirit of Race e a JMW Motorsport – esta última aposta numa trinca nova para 2019, formada por Jeff Segal/Wei Lu/Matteo Cressoni.

Pela Porsche, estreia a Project 1 Racing com Egidio Perfetti, Giorgio Roda e um terceiro nome a ser confirmado. Na Ebimotors, que está na lista de reservas das 24h de Le Mans, novos parceiros para Fabio Babini: os também italianos Marco Frezza e Sébastien Fortuna. Já na Dempsey Racing-Proton e Proton Competition, que estão no mesmo guarda-chuva, correrão vários pilotos do WEC. Matteo Cairoli e Christian Ried juntam-se no #77 à Riccardo Pera, enquanto no #88 o austríaco Thomas Preining terá a companhia de Marco Seefried e Horst Felbermayr Júnior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *