Para quem não viu: BTCC 2019, rodada de Brands Hatch Indy (1/10)

P

RIO DE JANEIRO – Um pedido recorrente de muitos leitores do blog é que se fale do BTCC, o Campeonato Britânico de Carros de Turismo. Mas melhor do que falar é ver as três corridas da primeira rodada tripla que abriu no último fim de semana a temporada 2019 da categoria britânica, agora patrocinada pela Kwik-Fit.

Com 10 datas previstas, o BTCC é a competição mais espetacular e equilibrada do gênero em toda a Europa. O regulamento peculiar, com pontuação até o 15º colocado, lastro adicional por desempenho, pontos extras para o pole position da prova #1, bem como para os líderes de cada corrida por volta e também para o autor da volta mais rápida por bateria, prevê o uso de carros conformes com a regra do Next Generation Touring Car (NGTC), adotada pela nona temporada seguida.

E esse é o segredo do sucesso de um campeonato que começa com 30 carros no grid e nada menos que 10 marcas com onze modelos diferentes enquadrados nas regras do NGTC, que têm motores turbo 2 litros com potência de 300 cavalos, injeção direta de gasolina, ECU Cosworth, câmbio sequencial X-Trac de 6 marchas, embreagem AP de carbono, pneus Dunlop e tração traseira ou dianteira, ao gosto do freguês.

Com cinco dos dez fabricantes envolvidos no BTCC, uma das boas notícias do ano é a estreia do modelo 330i M Sport da BMW, com preparação Neil Brown. E o carro já começou com vitória, graças ao triunfo de Andrew Jordan na prova #2. As demais corridas da programação foram ganhas por Josh Cook e Rory Butcher, ambos com Honda.

A pista de Brands Hatch (na versão Indy, bem mais curta) estava traiçoeira por conta da névoa densa e da umidade, que deixou os pilotos em dúvida enorme quanto à escolha dos compostos de pneus para as três baterias.

Josh Cook saiu da primeira rodada líder do campeonato com 44 pontos, quatro à frente de Tom Chilton e com Stephen Jelley em 3º lugar com 35. O BTCC também assistiu ao retorno do veterano Mark Blundell às pistas: aos 53 anos, ele largou com um Audi S3 Saloon e obteve um décimo-quarto posto na corrida #1. Nicolas Hamilton, o irmão do pentacampeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton, também esteve na disputa com um Ford Focus RS, mas não pontuou: terminou duas provas em vigésimo lugar.

A segunda rodada tripla será em Donington Park. Depois, haverá provas em Thruxton, Croft, Oulton Park, Snetterton, novamente Thruxton, Knockhill (que é na Escócia), Silverstone e Brands Hatch na versão Grand Prix.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

3 Comentários

  • Grande pegas e belas disputas num dos Circuitos mais charmosos do mundo em minha modesta opinião. Sou fã de categorias assim, que não utilizam nenhum recurso de ultrapassagem, é tudo no braço e talento do piloto.
    Agora uma dúvida Rodrigo, o regulamento é o mesmo do WTCR?

    PS. Por acaso a FOX não teria interesse em transmitir o Mundial de Superbike?
    Ainda mais pelo show que o Bautista vem dando com a Ducati, são nove corridas e nove vitórias.
    Ficamos na mão já que a ESPN não renovou o contrato com o WSBK…

    • Respondendo à primeira pergunta: o texto exemplifica que não é o mesmo regulamento do TCR.

      Segunda: sobre contratos eu não tenho respaldo para responder ok?

  • Ah ta, como não sou especialista, achei na verdade bem parecidos.
    Quanto ao WSBK foi apenas curiosidade, nada muito formal. Mas entendo sua posição meu caro…

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames