Super Formula: dobradinha da Nakajima Racing

S

ff31f3ca154ab97ba5188df6307a0ee6-1-1024x683

RIO DE JANEIRO – A Nakajima Racing foi a gratíssima surpresa no treino que definiu o grid de largada para a abertura da temporada 2019 da Super Fórmula japonesa, que se inicia neste domingo em Suzuka.

Nove anos após a última oportunidade em que um carro do time da lenda Satoru Nakajima – e isso, nos tempos em que a competição ainda se chamava Fórmula Nippon – Tadasuke Makino conquistou neste sábado a pole position para a corrida que terá duração de 43 voltas ou máximo de 90 minutos pelo circuito – que tem o mesmo traçado do GP do Japão de Fórmula 1.

Com o tempo de 1’36″312, ele superou por apenas 0″029 o espanhol e companheiro de equipe Álex Palou, marcando não uma quebra histórica de jejum como também uma bela dobradinha da TCS Nakajima Racing. O último piloto do time a sair na pole position foi Takashi Kogure, em 2010, na pista de Twin Ring Motegi.

Os motores Honda dominaram as quatro primeiras posições do grid de 20 carros: o atual campeão Naoki Yamamoto abre a segunda fila, junto ao parceiro de Team Dandelion, o também japonês Nirei Fukuzumi. Tanto ele quanto Tadasuke Makino vêm de campanhas na Fórmula 2 europeia.

Yuhi Sekiguchi (Impul) classificou o melhor dos 11 bólidos inscritos com motor Toyota com o 5º tempo, seguido por Kenta Yamashita (Kondo). Os oito mais bem classificados do Q3 que definiu a pole foram completados por Yuhi Sekiguchi no segundo carro inscrito pela Impul e pelo experiente Kamui Kobayashi, da KCMG.

No Q2, quatro dos 12 pilotos que avançaram nas sessões classificatórias ficaram pelo caminho. Entre eles o atual vice-campeão Nick Cassidy (Vantelin Team Tom’s), eliminado junto a Lucas Auer, sobrinho do antigo piloto de Fórmula 1 Gerhard Berger.

Entre as surpresas que constaram na relação de eliminados do Q1 estão o experiente Hiroaki Ishiura, no pior grid da carreira e o britânico Dan Ticktum, vice-campeão do Europeu de Fórmula 3 do ano passado. Também Harrison Newey não avançou e três pilotos não marcaram tempo, por diferentes motivos.

O primeiro foi o campeão japonês de Fórmula 3 Sho Tsuboi, que provocou a primeira bandeira vermelha. Depois, Artem Markelov sofreu outro acidente. E Kazuki Nakajima, na tentativa de evitar o carro rodado de Harrison Newey na curva Spoon, colheu o adversário e sofreu danos.

Todos estão autorizados a compor o grid de 20 carros que dá largada para o campeonato nesta madrugada, com inédita transmissão via streaming que o blog vai reproduzir a partir das 2h da manhã, hora de Brasília.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames