MENU

14 de maio de 2019 - 10:3324 Horas de Le Mans, Mundial de Endurance

ACO confirma os 186 pilotos das 24h de Le Mans 2019

5cdabd12bea50

As 24h de Le Mans estão com o plantel praticamente definido para a edição de 2019 (Foto: Site oficial ACO)

RIO DE JANEIRO (Vive la France!) – A exatamente um mês da disputa de mais uma edição das 24h de Le Mans, o Automobile Club de l’Ouest (ACO) confirmou a lista provisória de 186 pilotos que farão parte da maior e mais tradicional corrida de longa duração da galáxia.

A bem da verdade, são 185, com uma ressalva: a Inter Europol Competition anunciara Léo Roussel no carro #34 da classe LMP2 junto a Nigel Moore e Kuba Smiechowski, mas o francês sofreu um acidente nos treinos das 4h de Monza, válidos como segunda etapa do ELMS. O piloto foi hospitalizado e depende de aval médico para poder participar.

Os nomes restantes acabaram confirmados na divulgação da lista: a ByKolles vai mesmo de Oliver Webb e Paolo Ruberti, que andaram em Spa-Francorchamps, partilhando o ENSO CLM P1/01 Gibson V8 com Tom Dillmann, que era até o momento o único confirmado no carro #4 da classe LMP1.

Julien Canal fará parte da tripulação do #23 da Panis-Barthez Competition e o suíço David Zollinger foi confirmado como o substituto de Mark Patterson, que também se acidentou em Monza – só que nos testes coletivos da semana passada – fraturando a pélvis. Ele compõe o trio do #25 da Algarve Pro Racing com John Falb e Andrea Pizzitola.

Will Owen estará no #32 da United Autosports junto a Ryan Cullen e Alex Brundle, enquanto o também estadunidense Nick Boulle fecha o rol de pilotos da Larbre Competition que teve Erwin Creed e Romano Ricci em todos os eventos do FIA WEC.

Sem surpresas, a Aston Martin Racing chamou Darren Turner e Jonathan Adam para os carros #95 e #97 da classe LMGTE-PRO, enquanto na LMGTE-AM foram anunciados Sergio Pianezzola e Andrea Piccini com a Ferrari 488 GTE #60 da Kessel Racing; Christian Ried e Julien Andlauer fechando a tripulação do Porsche 911 RSR #77 da Dempsey Racing-Proton; o austríaco Thomas Preining no #86 da Gulf Racing e o britânico Euan-Alers Hankey de volta ao Aston Martin #90 da TF Sport.

Assim, a lista fecha mesmo com sete brasileiros divididos em quatro classes: Bruno Senna (LMP1); André Negrão (LMP2); Augusto Farfus, Daniel Serra e Pipo Derani (LMGTE-PRO); Rodrigo Baptista e Felipe Fraga (LMGTE-AM) – estes dois últimos, estreantes.

Para o Journée Test de 2 de junho, onde apenas Jonathan Bomarito e Sébastien Bourdais estão de fora da relação por conta dos compromissos com a IMSA e a Fórmula Indy (como pilotos de graduação platina eles não precisam participar dos treinos), haverá inscrições extras: a Toyota, por exemplo, escalou Brendon Hartley como reserva e o neozelandês precisa guiar um dos dois carros do construtor japonês para poder substituir qualquer um dos titulares, eventualmente.

Outros nomes que foram acrescidos a algumas equipes são os de Timothé Buret (Panis-Barthez Competition), James French (Algarve Pro Racing), Alexandre Cougnaud (Graff), Patrice Lafargue (IDEC Sport), Ross Gunn (Aston Martin Racing) e Nick Yelloly (Project 1 Racing). O teste é obrigatório para todos os pilotos novatos, que têm de cumprir 10 voltas para receber o certificado de participação na corrida francesa.

Em tempo: a lista de espera ainda tem pelo menos três carros. A Eurasia Motorsport, a IDEC Sport – com um segundo protótipo LMP2 e a Red River Sport by TF Sport, com um Aston Martin LMGTE-AM, seguem de prontidão à espera de um forfait de última hora.

5 comentários

  1. joao calango disse:

    Que legal, se vacilar, tem até piloto que corre no mundial de carrinhos de rolemã.

  2. Fernando Matias disse:

    Teremos algum veículo experimental esse ano?

  3. Anderson venâncio disse:

    Tô contando os dias pra começar,assistir e acompanhar na madrugada como faço há 16 anos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *