MENU

20 de maio de 2019 - 15:48Super Formula

Com competência, Sekiguchi vence etapa do Super Formula em Autopolis

4e972673335cd2c15827fc4b058663dd

Favorecido pela estratégia perfeita e por uma grande performance vindo de 16º no grid, Yuhi Sekiguchi venceu em Autopolis na 2ª etapa do Super Formula

RIO DE JANEIRO – O início da temporada 2019 do Super Formula japonês nos trouxe dois vencedores diferentes com estratégias muito parecidas e situações bem semelhantes em ambas as corridas.

Se em Suzuka o neozelandês Nick Cassidy saiu-se muito bem ao vir de 12º e ganhar na etapa de abertura, aproveitando as várias entradas do Safety Car, no último domingo a história se repetiu no circuito de Autopolis, com outro protagonista.

Largando do 16º posto de um grid com 20 competidores, Yuhi Sekiguchi emergiu da oitava fila do grid e foi o grande nome da segunda prova da principal categoria de monopostos do Japão. O piloto do Team Impul optou por não parar na primeira entrada do Safety Car, ocasionada por uma sequência de incidentes envolvendo o britânico Dan Ticktum, que bateu, e o russo Artem Markelov, preso na caixa de brita após escapar do traçado.

Sekiguchi não foi o único: os compatriotas Naoki Yamamoto, Tadasuke Makino e o então líder e pole position para a disputa, Yuji Kunimoto, também não pararam.

Vendo-se na 2ª posição na altura da 13ª passagem, o piloto foi à luta e conseguiu uma incrível manobra de ultrapassagem sobre o ponteiro da disputa, por fora. Como reflexo, Sekiguchi acelerou o máximo que pôde e abriu boa distância dos adversários. O pit stop no Super Formula é obrigatório – porque em pista seca há a necessidade de mudança de compostos duros ou macios (e vice-versa) – e o piloto só entrou nos boxes na altura do 41º giro de um total de 54 previstos.

Makino, que superara Kunimoto na 25ª volta, assumiu a liderança quando Sekiguchi fez seu pit stop – mas o piloto da Nakajima faria ainda uma segunda parada. Kunimoto fez o mesmo, mas o efeito foi péssimo para o representante da Kondo, que não passaria da 16ª posição ao final da disputa.

Sekiguchi venceu de forma espetacular com 3″633 de vantagem para Naoki Yamamoto – que com dois segundos lugares nas duas primeiras rodadas, está na liderança do campeonato com 16 pontos somados. Kazuya Oshima, do Team LeMans, ficou com a 3ª colocação em Autopolis.

Os dois protegidos da Honda que estavam na Fórmula 2 ano passado – Tadasuke Makino e Nirei Fukuzumi – ficaram em quarto e quinto, à frente do melhor gringo na disputa, o espanhol Álex Palou, da Nakajima Racing. Kenta Yamashita e o vencedor da prova inaugural, Nick Cassidy, fecharam os oito que pontuaram na segunda corrida do campeonato.

A 3ª etapa será no circuito de Sugo, no dia 23 de junho.

Resultado final da etapa de Autopolis:

1 – Yuhi Sekiguchi (Dallara-Toyota) – Impul – 54 voltas 1.30’29″891
2 – Naoki Yamamoto (Dallara-Honda) – Dandelion – 3″633
3 – Kazuya Oshima (Dallara-Toyota) – LeMans – 7″374
4 – Tadasuke Makino (Dallara-Honda) – Nakajima – 17″594
5 – Nirei Fukuzumi ( Dallara-Honda) – Dandelion – 18″739
6 – Álex Palou (Dallara-Honda) – Nakajima – 29″782
7 – Kenta Yamashita (Dallara-Toyota) – Kondo – 30″774
8 – Nick Cassidy (Dallara-Toyota) – Tom’s – 32″443
9 – Hiroaki Ishiura (Dallara – Toyota) – Cerumo Inging – 34″058
10 – Kamui Kobayashi (Dallara – Toyota) – KCMG – 34″577

Classificação do campeonato:

1. Naoki Yamamoto – 16 pontos
2. Nick Cassidy – 11
3. Yuhi Sekiguchi – 10
4. Kenta Yamashita – 8
5. Tadasuke Makino e Kazuya Oshima – 5
7. Nirei Fukuzumi, Sho Tsuboi e Yuji Kunimoto – 4
10. Álex Palou – 3
11. Lucas Auer – 2
12. Dan Ticktum – 1

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *