MENU

11 de maio de 2019 - 10:16European Le Mans Series

Franceses deitam e rolam no grid das 4h de Monza: pole é de Lapierre e da Cool Racing

5cd5b6d83367c

Principal piloto do carro #37, que tem ainda Antonin Borga e Alexandre Coigny, Nico Lapierre conquistou neste sábado a pole para as 4h de Monza, segunda etapa do ELMS (Foto: Jakob Ebrey Photography)

RIO DE JANEIRO – Os pilotos franceses deitaram e rolaram na definição do grid para as 4h de Monza, segunda etapa do European Le Mans Series, a se disputar neste domingo: foram três gauleses nas três primeiras posições – e a Cool Racing levou a melhor entre as escuderias, graças a Nico Lapierre.

Com o tempo de 1’34″967, ele superou Norman Nato (G-Drive Racing) por 0″246 em sua volta de qualificação, com Paul-Loup Chatin perdendo um lugar na primeira fila pela incrível diferença de um milésimo de segundo!

Uma equipe francesa (Graff), mas com piloto suíço (Jonathan Hirschi) ficou com o quarto posto, seguido por Renger Van der Zande, que classificou o #21 da DragonSpeed, que venceu em Paul Ricard, e pelo indiano Arjun Maini, colega de equipe do brasileiro Bruno Senna na equipe RLR MSport/Tower Events. Os oito mais rápidos de um total de 19 LMP2 inscritos ficaram dentro do mesmo segundo.

Para nenhuma surpresa, os protótipos Norma M30 foram disparados os mais velozes da LMP3. Lucas Légeret conquistou a pole da categoria para as 4h de Monza com o #19 da M. Racing, com o tempo de 1’44″017, 0″207 melhor que o britânico Colin Noble, da Nielsen Racing. Damiano Fioravanti, da equipe Oregon Team (que corre em casa) ficou em terceiro, seguido por Matthieu Lahaye (Ultimate) e David Droux (Realteam).

A United Autosports conquistou o 6º lugar no pelotão, com o carro que terá o brasileiro Thomas Erdos: Wayne Boyd marcou 1’45″094.

Matteo Cairoli fez as honras da casa e cravou um temporal no treino da LMGTE, mesmo após sua melhor volta ter sido deletada por abusar do limte da pista. O piloto do Porsche da Dempsey-Proton Racing marcou 1’46″351 e foi quase quatro décimos de segundo melhor que o experiente alemão Jörg Bergmeister, da Project 1 Racing. Matt Griffin roubou na última volta a 3ª posição de Andrea Piccini, colocando-se como o melhor piloto Ferrari no grid.

Por conta do lastro extra, a Ferrari da Luzich Racing não pôde lutar mais à frente: Ale Pier Guidi fez o 6º tempo a 1″291 da pole. A dinamarquesa Michele Gatting classificou o carro 100% feminino da Kessel Racing com a oitava e última marca – mas não fechará o grid porque dois protótipos LMP3, das equipes Eurointernational e 360 Racing não marcaram tempo.

A largada para as 4h de Monza será ao meio-dia (hora local) – 7h da manhã, pelo horário de Brasília. O blog terá o streaming ao vivo.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *