MENU

10 de maio de 2019 - 14:39Endurance, Motovelocidade

Yamaha é pole para as 8h da Eslováquia

RIO DE JANEIRO – Em fim de semana conjunto com o WTCR, o Mundial de Endurance da FIM disputa a 3ª etapa da temporada 2018/19: as 8h da Eslováquia serão neste sábado no circuito de 5,922 km de extensão localizado em Orechová Poton, cidade da Eslováquia cuja maioria da população é de descendentes de húngaros.

Na sessão de qualificação realizada nesta quinta-feira, a equipe oficial Yamaha tirou melhor partido de uma condição mista do traçado por conta de umidade e chuva, conquistando a pole position com os pilotos Broc Parkes/Marvin Fritz/Niccolò Canepa, com a média de 2’14″279 para as melhores voltas de cada um de seus três inscritos indicados por cores – azul, vermelho e amarelo.

A bem da verdade, a melhor volta foi de Mike Di Meglio, com 2’07″823, a bordo da Honda oficial da equipe F.C.C TSR, a atual campeã do FIM EWC. Mas como Josh Hook e Freddy Foray não encaixaram voltas tão boas, a escuderia ficou com a segunda posição do grid de 32 motos.

Em terceiro, larga a Suzuki Endurance Racing Team (Vincent Philippe/Gregg Black/Etienne Masson), com a Honda Endurance Racing (Sébastien Gimbert/Yonny Hernandez/Randy De Puniet) logo após, em quarto.

Líderes do campeonato com o triunfo alcançado nas 24h de Le Mans, há algumas semanas, os pilotos Jéremy Guarnoni/David Checa/Erwan Nigom qualificaram a Kawasaki da equipe Team SRC Kawaskai France com a 5ª colocação.

A Fany Gastro BMW Motorrad by Mercury Racing foi a melhor equipe independente do pelotão de largada – 6º lugar para Karel Hanika/Ondrzej Jezek/James Westmoreland. O Team 33 Coyote Louit Moto, graças a Enzo Boulom/Chris Leesch/Kevin Manfredi, conquistou a pole entre os inscritos da subclasse Superstock. São 14 inscritos nessa divisão, com os demais 18 compondo o plantel da EWC.

A 3ª etapa do FIM EWC 2018/19 começa ao meio-dia, hora local – 7h da manhã, horário de Brasília.

Compartilhar

1 comentário

  1. Rodrigo disse:

    Parabéns Rodrigo pela cobertura do endurance também em duas rodas!

    Desde tempos da saudosa revista Motoshow, nos anos 80, que não via a cobertura destas provas em língua portuguesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *