MENU

27 de junho de 2019 - 18:27Super GT

Buriram: próxima parada do Super GT

Super-GT-2019-Buriram-Preview-2

A dupla Yuji Tachikawa e Hiroaki Ishiura lidera o campeonato do Super GT na divisão GT500

RIO DE JANEIRO – A cidade tailandesa de Buriram será a única fora do território japonês a receber uma etapa do Super GT. Neste fim de semana, acontece a 4ª etapa, prevista para o Chang International Circuit, com 39 carros das classes GT500 e GT300 confirmados para o evento.

Algumas das equipes normalmente não viajam para fora do Japão por conta dos custos e também pelas menores dimensões do Paddock, que não comporta mais de 40 carros – o total de inscritos é de 44 em todo o campeonato. E desta vez não há times locais com equipamentos previstos para pilotos tailandeses competirem diante de seus fãs.

O Team Mach, que salvou um excepcional 2º lugar nos 300 km de Suzuka, na corrida anterior realizada em 26 de maio, não vai levar seu Toyota 86 MC (Mother Chassis). A R’Qs Motor Sports também não vai alinhar com sua Mercedes-AMG GT3 para Masaki Jyonai e Hisashi Wada.

Outra ausência será a da Nillz Racing com seu Nissan GT-R Nismo GT3 para Masaki Tanaka/Taiyou Iida, bem como a Tomei Sports com outro Nissan e a McLaren Customer Racing Japan tampouco irá para a Tailândia com Seiji Ara/Álex Palou.

Para essa etapa, a tabela de lastro de acordo com a pontuação do campeonato apresenta 53 kg adicionais para os líderes Yuji Tachikawa/Hiroaki Ishiura, 49 kg para Tsugio Matsuda/Ronnie Quintarelli e 44 kg para Yuhi Sekiguchi/Kazuki Nakajima – este último retorna com moral após o título do Mundial de Endurance.

O detalhe é que a dupla do carro #38 da equipe ZENT Cerumo terá uma substancial mudança no fluxo de combustível: 3,2 kg/hora a menos em relação a Suzuka. Mas há um outro fator: nunca nenhuma outra marca que não a Lexus (leia-se Toyota) venceu em Buriram no GT500 desde a estreia da categoria naquele traçado, em 2014.

No GT300, Morio Nitta/Sena Sakaguchi vão para a Tailândia com 60 kg adicionais no Lexus da K-Tunes Racing. Nirei Fukuzumi/Shinichi Takagi estarão com 57 kg extras no Honda da dupla e 44 kg para Katsuyuki Hiranaka/Hironobu Yasuda, com o Nissan da Gainer. Esta marca ganhou três vezes na subcategoria, em 2014, 2015 e no ano passado.

Oito dos 24 carros do plantel da classe GT300 não vão carregar lastro adicional em Buriram: um deles é o Aston Martin da D’Station Racing, que continua perseguindo os primeiros pontos na competição para a dupla Tomonobu Fujii/João Paulo de Oliveira.

A corrida deste domingo será disputada em 65 voltas pelo traçado de 4,554 km de extensão – perfazendo 300 km de percurso.

1 comentário

  1. Gabriel Medina, O outro disse:

    Buriram em pleno verão, deve ser algo próximo de Bangú pelos idos de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *