MENU

30 de julho de 2019 - 12:30Intercontinental GT Challenge

Desistências e novidades em mais uma parcial de inscritos das 10h de Suzuka

jb-spa-24-2019-058

A Bentley é uma das marcas confirmadas para a disputa das 10h de Suzuka e também para o IGTC em 2020 – ano em que a competição ganha a Lamborghini como participante e pode ter a Aston Martin

RIO DE JANEIRO - Desta vez, a balança não foi favorável à lista de entradas das 10h de Suzuka. Se da última parcial houve mais carros novos confirmados do que forfaits, agora é o contrário. A relação divulgada ontem conta com 38 carros, dois a menos que o total anterior, anunciado em 1º de julho.

Uma das equipes que prometera mais uma inscrição acabou dando para trás: a Craft-Bamboo Racing teria duas Mercedes-AMG e vai com apenas uma mesmo.

A outra desistência é a do Team Goh, que correria com o nome fantasia McLaren Customer Racing Japan. Ao que consta, inclusive um dos carros teria três pilotos da IMSA, entre eles o holandês Renger Van der Zande. Nenhuma justificativa foi dada até o momento para o forfait dos carros #53 e #55.

Em contrapartida, ainda haverá uma McLaren 720S GT3 para o bicampeão mundial de Fórmula 1 Mika Häkkinen, que retorna às competições após uma longa ausência. O finlandês terá dois japoneses como colegas de esquadra: o gentleman driver Katsuaki Kubota e Hiroaki Ishiura, que corre no Super GT e Super Formula.

Mas como nem tudo são más notícias para o evento, veio uma boa: a inscrição de mais uma equipe concorrente do Super Taikyu GT: a GTNET Motorsports terá seu Nissan GT-R Nismo GT3 na prova para Teruhiko Hamano, Kazuki Hoshino e um terceiro piloto a ser confirmado. Dessa forma, o total de carros que seria de 40 vai para 38.

Em relação ao plantel anterior de inscritos, as confirmações mais recentes são dos pilotos da JLOC, a bordo de duas Lamborghini Huracán. No carro #87, vão três japoneses: Takashi Kogure/Yuya Motojima/Yuhi Sekiguchi. Já o #88 vai com um elenco de pilotos do programa da fábrica de Sant’Agata, tendo então a bordo os italianos Andrea Caldarelli e Marco Mapelli, mais o dinamarquês Dennis Lind.

A CarGuy Racing decidiu ir para a briga pela vitória: confirmou James Calado e Miguel Molina ao lado de Kei Francesco Cozzolino na Ferrari 488 GT3 inscrita com o dorsal #777.

E já que citamos a Lamborghini, saiu a notícia de que a marca italiana estará no IGTC a tempo pleno em 2020. O diretor esportivo Giorgio Sanna confirmou nesta terça-feira que “pelo menos um carro Pro” será inscrito em todo o campeonato para lutar contra as oito marcas já existentes e que seguirão comprometidas com a série no próximo ano.

A equipe que representará a Lamborghini será fatalmente a Orange 1 FFF Racing Team, que praticamente já desempenha o papel de principal equipe da marca do touro nas competições do Blancpain GT.

Não está descartada, também, a presença de um décimo construtor – a Aston Martin estuda, via R-Motorsport, entrar na série ano que vem. Para já, a equipe de Dr. Florian Kamelger, que disputou as 24 Horas de Spa-Francorchamps com três carros, terá dois bólidos nas 9h de Kyalami, última etapa da temporada deste ano, em 23 de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>