MENU

2 de julho de 2019 - 18:22IMSA

IMSA: 36 carros para a etapa de Mosport

Canadian-Tire-Start-01

Duas corridas em uma semana: a IMSA vai da região de Nova York para o Canadá, rumo ao veloz circuito de Mosport – e mais uma vez o Fox Sports 2 transmite ao vivo uma etapa da série estadunidense de Endurance

RIO DE JANEIRO - Nem bem as equipes da IMSA finalizaram as 6h de Watkins Glen no último domingo e já tem corrida nesse fim de semana: o Mobil 1 SportsCar Grand Prix é o sétimo evento do Weathertech SportsCar Championship – terceira prova do certame Sprint Cup, apenas para os carros da classe GTD, no Canadian Tire Motorsports Park, em Mosport.

Com duração de 2h40min, a 7ª etapa do campeonato terá mais uma vez as quatro classes na pista, a exemplo do fim de semana passado. O total de carros é praticamente o mesmo. Serão 36 inscritos, respondendo por onze protótipos DPi, dois LMP2, oito GTLM e 15 GTD.

Na classe principal, Juan Pablo Montoya/Dane Cameron chegam ao Canadá com apenas um ponto de vantagem sobre Felipe Nasr/Pipo Derani – fruto do 3º lugar alcançado pela dupla do Acura Team Penske em Glen, enquanto os brasileiros terminaram em sétimo. Hélio Castroneves/Ricky Taylor figuram em terceiro na classificação, pressionados pela ausência de vitórias neste campeonato – contra duas dos colegas de time – e a cinco pontos dos líderes.

A vitória no domingo passado foi um bálsamo para a Mazda – mas seus pilotos ainda estão distantes na luta pelo título: Jonathan Bomarito é apenas o 6º colocado, seguido por Oliver Jarvis e Tristan Nunez (Harry Tincknell não correu a etapa de Mid-Ohio). Resta ver se a IMSA vai conter a performance dos protótipos do fabricante japonês via BoP para este fim de semana.

Quem volta à categoria é Victor Franzoni, anunciado para uma segunda aparição com a Juncos Racing no Cadillac DPi-V.R número #50 ao lado de Will Owen. Será a segunda corrida do garoto na IMSA, após a estreia em Detroit.

A esvaziada LMP2 – por incrível que pareça – tem disputa pela liderança do campeonato entre Kyle Masson/Cameron Cassels e Matthew McMurry: um único ponto separa os pilotos na classificação, em quatro corridas realizadas pela categoria. Na etapa do Canadá, o local Dalton Kellett estará no carro #52.

Com quatro vitórias seguidas, a Porsche chega como favorita e tem os líderes da GTLM: Nick Tandy/Patrick Pilet venceram em Glen e chegaram a 152 pontos. Mas a diferença é mínima para os vice-líderes, já que Antonio Garcia/Jan Magnussen e Earl Bamber/Laurens Vanthoor somam 151. Neste fim de semana, a Corvette Racing terá Marcel Fässler no carro #4. Tommy Milner foi diagnosticado com uma lesão na mão esquerda após o acidente de domingo e foi vetado.

Vencedores em Glen na GTD, Mario Farnbacher e Trent Hindman chegam líderes a Mosport, com 16 pontos de vantagem (119 a 103) para Jack Hawksworth/Richard Heistand – a dupla da AIM Vasser Sullivan ganhou as duas provas do Weathertech Sprint Cup e lidera a subclasse com 70 pontos.

Bia Figueiredo, que soma 70 pontos na classificação, disputará sua quarta corrida – primeira em evento Sprint. Ela dividirá o #57 da Heinricher Racing w/Meyer Shank Racing com a britânica Katherine Legge. Christina Nielsen não poderá estar presente neste fim de semana, por coincidência de datas com o Blancpain GT Challenge Asia, em Fuji.

O Fox Sports 2 transmite o Mobil 1 SportsCar Grand Prix ao vivo, neste domingo, às 14h pelo horário de Brasília.

10 comentários

  1. Felipe disse:

    Mattar, o que você acha do Tommy Milner como piloto, muito batedor?

  2. Geraldo Netto disse:

    Falando em IMSA, será lançado esse filme: https://www.youtube.com/watch?v=7LIsA-Z7k_8 que tem como fundo da história as corridas do IMSA.

  3. Diogo disse:

    Mattar, assunto fora de tópico: há alguma informação sobre a entrada da Toyota na Stock Car em 2020? No link abaixo, do programa argentino Carburando, o diretor de competição da Toyota Argentina fala do assunto:

    https://youtu.be/2LD9EK4DDhY

  4. Leandro Vieiras disse:

    Mattar,

    As performances da Bia no time do carro #57 foram muito satisfatórias na minha opinião. Você concordaria comigo nesta afirmação?
    Outro ponto: Não acha que a Heinricher Racing w/Meyer Shank Racing poderia ter um terceiro carro e tornar a Bia uma das pilotos deste carro? De repente até realizar uma mudança nas duplas colocando ela junto da Katherine Legge, o que acha?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Sobre a primeira pergunta, concordo.

      Quanto à segunda, ninguém nos EUA está nadando em dinheiro para poder ter três carros num grid lá no IMSA.

  5. Antonio Vidal disse:

    FORÇA PORSCHEEEE….FORÇAAAAAA….GO GO GO!…sinceramente, A FOX SPORTS é SHOW!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>