MENU

10 de julho de 2019 - 12:50European Le Mans Series

Retorno do ELMS com 41 carros nas 4h de Barcelona

media_l_032

Em 2009, o lindo protótipo Aston Martin DBR1/2, também conhecido como Lola B09/60, venceu os 1000 km de Barcelona, na última vez que o ELMS correu no circuito da Catalunha, com a trinca formada por Jan Charouz/Tomas Enge/Stefan Mücke

RIO DE JANEIRO – Uma década depois da última aparição da série na Catalunha e mais de dois meses desde a segunda prova do calendário, o European Le Mans Series (ELMS) volta à ativa após às 24h de Le Mans para a terceira etapa do campeonato. No próximo dia 20, um sábado, serão disputadas as 4h de Barcelona. Um total de 41 inscritos está confirmado para a corrida, que terá sua quadriculada no período noturno: a disputa começa às 18h30 locais (13h30 de Brasília), fechando – claro – às 22h30.

Nesse total de 41 carros, há 33 protótipos – dezoito LMP2 e 15 LMP3 – com oito carros da classe GTE. São 29 as equipes confirmadas no evento, com 113 pilotos de 25 países, entre eles os brasileiros Bruno Senna e Thomas Erdos.

A classe LMP2 responde pela maioria do plantel e a atual campeã G-Drive Racing defende a liderança conquistada com a vitória nas 4h de Monza. Somando 38 pontos, o time russo que tem seu running aos cuidados da TDS Racing, da França, terá pela primeira vez no ELMS a participação do francês Jean-Éric Vergne, substituído nas duas primeiras etapas por Norman Nato – o que poderá deixar Roman Rusinov e Job Van Uitert na liderança.

Quem pode evitar isso é a IDEC Sport Racing, com a trinca formada por Memo Rojas/Paul Lafargue/Paul-Loup Chatin, que somam 36 pontos e ocupam a vice-liderança do campeonato.

Entre as novidades para a etapa de Barcelona estão Olivier Pla fechado com a Algarve Pro Racing até o fim do ano para substituir Mark Patterson, que se recupera de um forte acidente em treinos na pista de Monza, além da estreia de Adrien Tambay, filho do antigo piloto de Fórmula 1 Patrick Tambay, via Inter Europol Competition. Na IDEC Sport, aparece o nome de William Cavailhes no lugar de Erik Maris na tripulação do #27, somente de gentleman drivers.

A classe LMP3 tem liderança de Jens Petersen e Mikkel Jensen, da equipe Eurointernational, após as duas primeiras provas da temporada. A dupla tem uma vitória em Monza e 43 pontos na classificação, dez a mais que Martin Hippe e Nigel Moore, que defendem a Inter Europol Competition.

A Nielsen Racing traz de volta o britânico Nick Adcock, no lugar do japonês Nobuya Yamanaka, enquanto a Ace1 Villorba Corse, após o divórcio do time de Raimondo Amadio com a Cetilar Racing, promove a estreia da dupla Alessandro Bressan/Yuki Harata, que disputava o Blancpain GT World Challenge America, para guiar um protótipo Ligier JS P3 Nissan com o número #18.

Thomas Erdos persegue o segundo pódio no campeonato, junto aos parceiros Wayne Boyd e Garrett Grist. A trinca do #2 da United Autosports está em quarto na tabela, com 23 pontos.

Duas novidades aparecem na classe LMGTE: o dinamarquês David Heinemeier-Hänsson alinha na Project 1 Racing (um prenúncio do que virá no WEC?) junto a Egidio Perfetti e Jörg Bergmeister. A Ebimotors chegou a anunciar o alemão Steffen Görig para a vaga antes ocupada pelo italiano Sébastien Fortuna, mas quem vai mesmo para Barcelona é outro teutônico: Edward-Lewis Brauner é quem estará no carro #80 do time de Enrico Borghi.

A disputa pela liderança é equilibrada: Christian Ried/Riccardo Pera/Matteo Cairoli estão com 42 pontos, dois à frente de Ale Pier Guidi/Nicklas Nielsen/Fabien Lavergne, da Luzich Racing. Ambas as tripulações ganharam as duas primeiras provas do campeonato. A JMW Motorsport vem em 3º lugar com Jeffrey Segal/Wei Lu/Matteo Cressoni, com as meninas da Kessel Racing em quarto. Elas foram ao pódio em Paul Ricard com um segundo lugar e esperam repetir a dose em Barcelona.

Em 2009, o saudoso protótipo Aston Martin DBR1/2 (ou Lola B09/60) preparado pela Prodrive Racing e equipado com o inesquecível motor Aston Martin V12 6 litros, venceu a disputa com Jan Charouz/Tomas Enge/Stefan Mucke. A equipe italiana Racing Box ganhou na LMP2 com um protótipo Lola B08/80 Judd guiado por Matteo Bobbi/Thomas Biagi/Andrea Piccini. Roman Rusinov/Peter Kox foram os vitoriosos na LMGT1 a bordo de um Lamborghini Murciélago preparado pela equipe IPB Spartak Racing-Reiter Engineering e o Team Felbermayr-Proton faturou na LMGT2 com Richard Lietz/Marc Lieb num Porsche.

Quem terá a honra dessa vez na etapa espanhola?

Você saberá no sábado, com a disputa não só das 4h de Barcelona, como também dos treinos de definição do grid, que serão cinco horas antes da largada. Tudo ao vivo, com os vídeos do ELMS reproduzidos aqui no A Mil Por Hora.

10 comentários

  1. Rodrigo botana disse:

    Mattar qual a diferença dos carros da elms em. Relaçao ao wec?já que ambos sao parecidos

    • Rodrigo Mattar disse:

      No WEC não tem LMP3. A única categoria comum de fato é a LMP2, onde não há diferença alguma no conceito dos carros.

      A LMGTE basicamente é uma LMGTE-AM, mas no ELMS todo mundo corre de Dunlop e em Le Mans, vão de Michelin, porque é um pneu melhor em termos de performance.

  2. Ivair disse:

    Esse campeonato ELMS é um baita campeonato. Carros bons, bons pilotos e principalmente o equilíbrio entre carros e equipes. Boas disputas do início ao fim de cada corrida. Rodrigo o que você acha da série?

  3. André disse:

    Rodrigo, Bruno Senna corre por qual equipe e em qual classe?

  4. João Lucas disse:

    O carro vencedor da GT1 em Barcelona não foi o Murcielago?!

    E mais um ponto, porque não aborda mais o Supercars, está fazendo muita falta não ter mais suas matérias sobre a categoria.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Tem razão, foi o Murciélago sim.

      Não escrevo mais sobre o Supercars porque tá difícil acompanhar as corridas. Não tenho mais tempo pra abordar tudo. Me desculpem.

  5. Gabriel Medina, O outro disse:

    Minha categoria preferida desde aquela mágica temporada de 2008 com Audi e Peugeot disputando todas as etapas. Lembro perfeitamente da corrida de 2009, como se fosse ontem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *