Show de Kobayashi e domínio de Palou em Fuji

S

D_bgZNjVAAAkUxi

RIO DE JANEIRO – A quarta etapa do Super Formula, disputada neste domingo no Fuji Speedway, teve uma chuva inclemente que marcou não só a corrida, mas também todo o fim de semana, incluindo os treinos classificatórios. E quem pôde largar à frente se deu bem: o espanhol Álex Palou aproveitou a oportunidade e mostrou seu cartão de visitas na categoria.

O piloto da TCS Nakajima Racing fez a pole position e foi absoluto ao longo da prova, que começou com largada atrás do Safety Car, por questões de segurança. Sem precisar parar para reabastecimento ou trocar pneus, Palou dominou a situação ao seu bel prazer. Em dado momento, a diferença para o vice-líder Sho Tsuboi até deu uma diminuída, por conta de pequenos sustos que incluíram uma escapada na curva 1 do circuito. Mas Álex foi soberano e conquistou sua primeira vitória na Super Formula.

Que, aliás, quebrou três tabus – um deles, bem longo: havia 22 anos, desde a participação de Pedro de la Rosa (que inclusive foi campeão por lá) que um espanhol não vencia na principal categoria japonesa de monopostos. A Honda não triunfava com seus motores na pista (que é da rival Toyota) desde 2009 e a Nakajima Racing não vencia na categoria desde 2010, quando Takashi Kogure venceu em 8 de abril daquele ano, na abertura do campeonato, em Suzuka.

A corrida acabou encerrada com duas voltas antes do previsto, dentro do tempo limite de 1h35min por conta exatamente do mau tempo e com Palou fechando 13″359 na frente de Tsuboi, da equipe Inging-Cerumo.

Nick Cassidy foi o terceiro colocado, com Tomoki Nojiri e Kazuki Nakajima bem mais distantes, em quarto e quinto. Mas o piloto da corrida deste domingo foi, disparado, Kamui Kobayashi.

Após uma classificação pouco feliz no molhado, o piloto da Carrozzeria Team KCMG deu um show com ultrapassagens beirando o alto risco e galgando posições volta após volta. De penúltimo no grid de 20 pilotos, Koba conseguiu ainda a 6ª posição – e a pouco mais de um segundo de Nakajima, registre-se.

Com o segundo carro da Inging-Cerumo, Hiroaki Ishiura cruzou em sétimo, tendo Yuhi Sekiguchi completando os oito que pontuaram.

O mexicano Patricio “Pato” O’Ward fez sua estreia na categoria com o bólido do Team Mugen, antes guiado por Dan Ticktum. Um erro nos treinos classificatórios relegou o latino ao último lugar no grid. Ele soube ter paciência ao longo da competição e foi ganhando algumas posições até chegar em décimo-quarto.

Não fosse Ryo Hirakawa conseguir superá-lo após pagar um pênalti por desrespeitar o procedimento de relargada e talvez “Pato” chegasse em 13º. Longe de ser a estreia dos sonhos. Mas o garoto aprendeu na adversidade de uma corrida tremendamente difícil.

Com a vitória e o ponto extra da pole, Palou passou a terceiro no campeonato com 15 pontos. O pódio de Cassidy e a 11ª posição de Naoki Yamamoto, que inclusive deu uma rodada durante a corrida, fizeram a vantagem do líder baixar para cinco pontos, restando três corridas para o fim da temporada.

A 5ª etapa será no dia 18 de agosto no misto de Twin Ring Motegi.

Classificação do campeonato:

1. Naoki Yamamoto – 27 pontos
2. Nick Cassidy – 22
3. Álex Palou – 15
4. Sho Tsuboi – 12
5. Yuhi Sekiguchi, Kamui Kobayashi e Kenta Yamashita – 11
8. Tomoki Nojiri – 10
9. Lucas Auer e Nirei Fukuzumi – 8
11. Kazuya Oshima e Tadasuke Makino – 6
13. Yuji Kunimoto – 5
14. Kazuki Nakajima e Hiroaki Ishiura – 4
16. Dan Ticktum – 1

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames