MENU

24 de agosto de 2019 - 18:27Mundial de Endurance

Félix da Costa no WEC

felix-da-costa

RIO DE JANEIRO – Com o fim do compromisso assinado com a BMW, o português Antônio Félix da Costa já deu pelo menos um passo em sua carreira para a temporada 2019/20: fechou com o Team Jota para disputar a temporada do Mundial de Endurance na classe LMP2 e será o substituto de Pastor Maldonado, que ontem anunciou seu desligamento da equipe, pondo fim à parceria com Roberto González e Anthony Davidson.

O luso de 27 anos não é propriamente uma cara nova na equipe dirigida por Sam Highnett: há dois anos, fez parte da tripulação que disputou as 24h de Daytona pela Jackie Chan DC Racing, que subloca a estrutura da escuderia britânica. Será a segunda temporada de Félix da Costa no FIA WEC, após o fim da equipe BMW Team MTEK, pela qual disputou o campeonato do ano passado na classe LMGTE-PRO tendo como parceiros Tom Blomqvist, Augusto Farfus, Alexander Sims e Jesse Krohn.

“É uma grande oportunidade na minha carreira. Depois de um ano de experiência e aprendizagem no WEC com os GTs, é um grande desafio ingressar na categoria LMP2 com a Jota. Foi um carro que me dei bem desde o inicio, numa equipe muito competitiva, onde juntamente com o Roberto e o Anthony acredito que poderemos estar regularmente nos lugares do pódio. Estou desejoso de iniciar a nova temporada no próximo fim de semana”, comentou Antônio.

“Tem sido incrível o apoio de todos os portugueses. Além do WEC espero em breve anunciar o meu restante programa desportivo para 2019/2020, mas por agora o meu foco é 100% na primeira corrida do WEC em Silverstone”.

O Team Jota será um dos clientes da Goodyear, que após uma ausência de muitos anos, retorna às provas de longa duração. Logicamente a Jackie Chan DC Racing também será cliente do fabricante de Akron, assim como a novata High Class Racing. Lembro que, por regulamento, as equipes podem mudar de fabricante pelo menos uma vez ao longo do campeonato. A performance dos compostos do novo fabricante é, até o momento, uma incógnita.

Félix da Costa deve ser o novo companheiro de Jean-Éric Vergne na DS Techeetah. O nome dele é fortemente ventilado na escuderia que conquistou os dois últimos títulos do ABB FIA Fórmula E com o piloto francês e desbancou a Audi como campeã de equipes na temporada 2018/19.

2 comentários

  1. Celso Gomes disse:

    Provavelmente a Goodyear irá substituir os pneus Dunlop no WEC, já que a Dunlop é de propriedade da Goodyear!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *