MENU

21 de agosto de 2019 - 19:43Clip da Semana

#TocaRaul

RIO DE JANEIRO (… e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais) – Trinta anos exatos sem Raul Santos Seixas. Sem a mosca na sopa do sistema. Sem a metamorfose ambulante que tinha opinião sobre tudo. Sem o eterno maluco beleza.

Gênio do rock brasileiro, do pop, que lutou contra a caretice, anos luz à frente do seu, do meu, do nosso tempo, há 10 mil anos atrás – que infelizmente no trono de um apartamento esperou a morte chegar em 21 de agosto de 1989.

Tinha 44 anos. Estava resgatando parte do prestígio perdido graças a Marcelo Nova, fã e amigo. O antigo vocalista do Camisa de Vênus foi sim uma figura importante em tudo isso, mas Raulzito, depois de “viver o jogo dos ratos e transar com Deus e o Lobisomem”, era tão maior que tudo isso que, depois de todo esse tempo – afinal, 30 anos não são 30 dias – quem gosta de suas músicas não o esquece.

Eu não esqueço. O blog também não. Vira e mexe tem um #TocaRaul aqui.

Hoje é dia. “Maluco Beleza”, de Raul Seixas e Cláudio Roberto, é o clip da semana.

Um Raul de cara limpa, sem barba e bigodes, de um jeito ao qual muitos de nós nunca nos acostumamos ver.

3 comentários

  1. Wilton Sturm disse:

    Grande Rodrigo, que bela lembrança!!!
    Raul sempre teve minha admiração… gosto de praticamente todas as suas facetas, suas características….
    Engraçado, messiânico, reflexivo, etc…
    Saudações raulseixistas.

  2. Ivair disse:

    Boa Rodrigo. Bela lembrança. Um gênio da música e como compositor. Um dos raros brasileiros expoentes do rock! Saudades grandes!

  3. walter disse:

    Não deve ser digno do Raul o pensamento que me assalta, sempre que ando na marginal de São Paulo, com os carros andando a 40 km/h, radares por todos os lados: você aí, com a boca cheia de dentes, esperando a morte chegar.

    A vida está mais longa e segura. Mas chaaata demais.

Deixe uma resposta para walter Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *