Toyota cumpre obrigação e fatura primeira fila em Silverstone

T
MOTORSPORT : FIA WEC - ROUND 1 - 4 HOURS OF SILVERSTONE (GBR) 09/01/2019
Nada de novo no front: a Toyota dominou, mas os não-oficiais não fizeram feio no treino oficial para as 4h de Silverstone

RIO DE JANEIRO – A Toyota continua superior às rivais Rebellion e Ginetta no que diz respeito ao desempenho de seus protótipos LMP1 com sistemas híbridos – mesmo com todo lastro adicional nos carros japoneses. E confirmou sua supremacia no treino que definiu o grid das 4h de Silverstone, prova que será transmitida AO VIVO e NA ÍNTEGRA pelo Fox Sports 2 neste domingo, às 8h da manhã.

Com Mike Conway e Kamui Kobayashi a bordo do carro #7, não foi difícil alcançar a média de 1’36″015 – tempo oito décimos superior à marca do ano passado, enquanto Koba fez a melhor volta individual de todo o treino em 1’35″992. O resultado, para quem não sabe, é aferido pela somatória das melhores voltas de dois pilotos, obtendo-se assim a média aritmética que define o tempo oficial.

O #8 dos campeões Kazuki Nakajima e Sébastien Buemi – mais Brendon Hartley, que chegou à equipe para o lugar de Fernando Alonso – acabou batido por exatos três décimos de segundo. E animadora mesmo é a diferença de 0″545 entre o pole e o carro #1 da Rebellion Racing, guiado por Bruno Senna e Gustavo Menezes no qualifying.

Mas amanhã pode ser outra história: tem vários fatores que pesam a balança ainda a favor da Toyota, como o uso do sistema híbrido que confere tração semipermanente ao carro, um conjunto mecânico mais potente e um carro mais bem desenvolvido – em que pese os 108 kg a mais em relação aos carros do time anglo-suíço que conta com os brasileiros Bruno Senna e Pipo Derani.

Os Ginetta do Team LNT não fizeram feio: a performance dos protótipos britânicos veio evoluindo ao longo do fim de semana e a diferença de pouco menos de um segundo e meio que separam os dois carros da Toyota também tem muito do talento dos pilotos Ben Hanley e Oliver Jarvis, que fizeram as melhores voltas dos protótipos na sessão deste sábado.

#29 RACING TEAM NEDERLAND / NLD / Dallara P217 - Gibson - Frits Van Eerd (NLD) / Giedo Van Der Garde (NLD) / Nyck de Vries (NLD) -  4 hours of Silverstone - Silverstone  - Towcester - Great Britain  -
Festa de Van der Garde, Van Eerd e Van Uitert pela pole do Racing Team Nederland na LMP2

Na LMP2, Job Van Uitert e Giedo Van der Garde deram ao Racing Team Nederland a primeira pole da equipe na divisão. Ótimo trabalho do #29, que já mostrou potencial desde o Prólogo em Barcelona e principalmente do novato Van Uitert, que registrou o novo recorde da categoria para a pista de Silverstone, com o tempo de 1’40″850 – a média das voltas mais rápidas foi 1’40″948.

Paul Di Resta e Phil Hanson levaram o #22 da United Autosports à segunda marca, ficando a 0″735 da pole na média das melhores voltas. A Jackie Chan DC Racing acabou em 3º como a melhor das três escuderias que corre com os pneus Goodyear na categoria – Gabriel Aubry e Will Stevens foram incumbidos da classificação.

Já os campeões mundiais da Signatech Alpine certamente esperavam um pouco mais do que o 5º lugar no treino – e de fato a posição poderia ter sido melhor, não fosse uma rodada de Pierre Ragues em sua tentativa de volta rápida.

“Não foi nada bom. A única esperança minha é que na Cool Racing e no time da Holanda eles têm pilotos bronze (Alexandre Coigny e Frits Van Eerd) que são piores que o nosso Silver (Ragues). Eles são dois segundos mais lentos. A Jackie Chan e a United têm a vantagem de ter pilotos prata muito rápidos e eu não sei porque o Gabriel Aubry é prata ainda. É inadmissível, deve ser questão política”, desabafou André Negrão.

“Eu acho provável e espero que a gente vá ao pódio. Ganhar é muito difícil, a não ser que aconteça alguma coisa muito excepcional na corrida. Até porque a corrida é duas horas menor que a do ano passado. Então é uma prova Sprint. E com essa defasagem de pilotos, você não consegue fazer um “gap” muito grande por causa disso. O carro estava muito ruim no terceiro treino por causa do pneu – o pneu médio da Michelin não está funcionando no nosso carro. Inclusive a gente fez a classificação com o mais duro dos compostos disponíveis”, informou o campeão da Super Season 2018/19.

#51 AF CORSE / ITA / Ferrari 488 GTE EVO -  4 hours of Silverstone - Silverstone  - Towcester - Great Britain  -
Dobradinha da AF Corse no grid da LMGTE-PRO com pole de Calado e Pier Guidi

A Ferrari fez 1-2 na LMGTE-PRO e o #51 de Ale Pier Guidi/James Calado é quem lidera o pelotão de 17 carros Grã-Turismo do plantel do FIA WEC neste domingo. A média da dupla da AF Corse foi de 1’54″171, somente 0″131 melhor que o #71 de Miguel Molina/Davide Rigon. A Aston Martin teve um sopro de esperança para a corrida, com a boa classificação de Alex Lynn/Maxime Martin à frente dos novos Porsches, que se ressentem de ‘falta de ritmo’ na pista britânica.

Aliás, e a propósito, no afã de tentar uma volta rápida, Gianmaria Bruni apanhou um puta susto a bordo do #91, rodando tresloucadamente nos esses após a reta nova dos boxes. O pneu dianteiro esquerdo dechapou, houve danos no carro e foi deflagrada uma bandeira vermelha. Mas aí já era tarde pra tentar melhorar: Richard Lietz não virou tão melhor que o companheiro de equipe e a dupla ficou em quarto – duas posições à frente dos atuais campeões Michael Christensen/Kévin Estre.

#90 TF SPORT / GBR / Aston Martin V8 Vantage - 4 hours of Silverstone - Silverstone  - Towcester - Great Britain  -
Nada como um carro novo nas mãos para a TF Sport, que faturou a pole na LMGTE-AM

E na estreia da máquina nova, apelidada de “Pimenta Vermelha, a TF Sport levou as honras na LMGTE-AM num bom trabalho de Salih Yoluç e Charlie Eastwood: com a média de 1’56″034, eles bateram por três décimos o Porsche da atual campeã Project 1 – que terá a bordo do #56 o vigésimo-primeiro estreante do fim de semana. “Grávido”, David Heinemeier-Hänsson teve que ficar fora da corrida para acompanhar o parto do novo rebento e o alemão David Kolkmann, egresso do Porsche Carrera Cup, será mesmo seu substituto.

Aliás, o time teutônico evitou que os Aston Martin Vantage AMR liderassem o treino em dobradinha, pois o #98 foi terceiro, à frente das duas Ferrari da AF Corse. Única estreante da categoria, a Red River Sport ficou com a oitava marca e o #57 do brasileiro Felipe Fraga, após problemas no terceiro treino livre, apareceu inteiramente desmontado e na garagem. Sem tomada de tempo, ele e os parceiros Ben Keating e Jeroen Bleekemolen largam de último – o que numa corrida de quatro horas de duração não chega a ser o pior dos problemas.

E mais uma vez reforço: o Fox Sports 2 transmite, com análises e comentários deste que vos escreve, as 4h de Silverstone AO VIVO e NA ÍNTEGRA.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

1 Comentário

  • Acho que nesta temporada o Toyota #7 vem com mais vontade de vencer, principalmente depois do que aconteceu em Sarthe e ainda mais agora que Dom Fernando deixou a equipe…os Ginetta parecem promissores.
    Muito bom saber que o WEC continuará com a equipe do Fox Sports que, convenhamos, é a melhor, a que mais gosta do que faz e a que mais entende do assunto…nada contra à outra emissora que também já anuncia as transmissões mas, não dá, né.

Por Rodrigo Mattar

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames