MENU

3 de setembro de 2019 - 18:40International GT Open

Fim de férias: GT Open volta com novidades em Silverstone

19-14-Alto-_Costa

Com liderança da dupla Albert Costa/Giacomo Altoè, a temporada do GT Open volta após uma longa pausa com a etapa de Silverstone – a rodada dupla tem como novidade a adoção de um treino oficial com os dois pilotos na pista e a média das melhores voltas define o grid (Foto: Fotospeedy)

RIO DE JANEIRO - Um dos templos do automobilismo mundial, Silverstone volta a receber o International GT Open para a disputa da 5ª rodada dupla da temporada 2019. As férias de verão da categoria multimarca de Grã-Turismo chegaram ao fim: a última etapa fora em meados de julho, no Red Bull Ring.

E para esta corrida, a GT Sport introduz uma novidade muito aguardada. Os treinos classificatórios agora serão disputados pelos dois inscritos (ou, em casos excepcionais, pelo único inscrito) por carro, com a média das melhores voltas para aferir as posições de grid de largada. É algo que pilotos e equipes batalhavam há bastante tempo, para deixar as classificações mais homogêneas.

As sessões serão divididas em 15 minutos de atividade de pista por piloto inscrito, com um intervalo de 5 minutos para ajustes. Em casos excepcionais de problemas técnicos enfrentados na segunda passagem, valem as duas melhores voltas do piloto que conseguir marcar tempo – é o que também será adotado nas situações onde um só piloto está inscrito.

A 5ª etapa do campeonato contará com a participação de 24 carros. As novidades são a estreia da Kessel Racing na temporada com uma Ferrari 488 GT3 alinhada para John Hartshorne/Ollie Hancock, além do regresso da Sports & You com a Mercedes-AMG GT3 de “Manuel da Costa”/”Miguel Sardinha”, pseudônimos às vezes utilizados por Antonio Coimbra/Luis Silva e também da Winward/HTP Motorsport com a dupla Russell Ward/Indy Dontje.

Com duas vitórias conquistadas nas quatro primeiras rodadas duplas da temporada, Giacomo Altoè/Albert Costa (Emil Frey Racing) dividem a liderança do campeonato com Martin Kodric/Henrique Chaves (Teo Martín Motorsport). Ambas as formações têm 70 pontos, dez adiante de Fran Rueda/Andrés Saravia, também da Teo Martín.

A dupla brasileira formada por Allam Khodair/Marcelo Hahn ainda persegue um resultado melhor do que a 7ª posição na prova de abertura em Paul Ricard, quando largaram da pole position. Com nove pontos somados, ocupam o 17º lugar apenas na classificação geral.

Na classificação paralela Pro-Am, a dupla Tom Onslow-Cole/Valentin Pierburg (SPS Automotive Performance) chega a esta etapa com onze pontos de vantagem para o dinamarquês Frederik Schandorff, da Vincenzo Sospiri Racing. Hahn, por sua vez, ocupa o quarto lugar da classificação pois fez uma etapa com Ben Barnicoat substituindo Khodair, que é o sexto colocado na tabela.

A classe Am, dos gentleman drivers ou pilotos de graduação inferior, tem liderança de Alexander Hrachowina/Martin Konrad, que somam 34 pontos contra 23 dos italianos Davide Roda e Giuseppe Cipriani, que apesar de pertencerem à Antonelli Motorsport, correm em carros separados – e sozinhos.

As duas provas do fim de semana serão nos seguintes horários: 12h15 de Brasília (16h15 locais), para a corrida de sábado com duração de 70 minutos e 11h de Brasília (15h locais), para a corrida de domingo com duração de 60 minutos. Tudo com transmissão ao vivo aqui no blog, através do streaming do canal oficial do International GT Open no YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>