MENU

20 de setembro de 2019 - 14:21International GT Open

GT Open: treinos livres têm Lamborghini na frente

3519-10-164

A dupla Lenz/Perera liderou a sexta-feira de treinos livres para o GT Open em Barcelona

RIO DE JANEIRO – Começaram as atividades de pista para a sexta e penúltima rodada do International GT Open, que contempla neste fim de semana em Barcelona um total de 24 carros inscritos para um evento decisivo do campeonato. Essa etapa define quais são as formações que seguirão para a contenda final em Monza, na Itália.

São nove carros da classe Pro, outros 10 da Pro-Am e cinco da Am participando da etapa. A lista provisória contava 27 inscritos, mas a Spirit of Race não aparece – e o grid fica sem nenhuma Ferrari – assim como a Rowe Racing/SunEnergy1 Racing, deixando o plantel com uma Mercedes-AMG a menos.

Em contrapartida, há novidades, como a estreia do carro #13 da GetSpeed Performance para Denis Remenyako/Fabian Schiller – dupla que não marcará pontos no campeonato, uma vez que não compareceram a nenhum dos cinco eventos anteriores. Na Antonelli Motorsport, Riccardo Agostini aparece no lugar de Daniel Zampieri para formar dupla com Loris Spinelli no carro #6.

Franck Perera estreia com Christoph Lenz no regressado Lambo #90 da Raton Racing by Target e o argentino Ezequiel Pérez-Companc retorna ao campeonato via Daiko Lazarus Racing, formando dupla com Eliseo Martinez no lugar de Nicola de Marco. E mais uma dupla brasileira faz sua primeira corrida na temporada.

A equipe portuguesa Sports & You fez o convite e Márcio Basso/Guilherme Salas, então inscritos no GT Cup Open Europe, aceitaram substituir Antonio Coimbra e Luis Silva. O carro #99 virou #22 e os dois retornam ao campeonato após competirem algumas vezes pela Teo Martín Motorsport com a BMW M6 GT3, ano passado.

No combinado dos treinos desta sexta-feira, a dupla Lenz/Perera fechou o dia à frente – 1’44″693 para os 4,655 km do circuito da Catalunha. Os estreantes Schiller/Remenyako ficaram com a segunda posição, a apenas cinquenta e oito milésimos do Lamborghini Huracán GT3 EVO.

Mais cedo, Fran Rueda/Andrés Saravia foram os mais rápidos e ficaram em 3º lugar no agregado das duas sessões com o McLaren 720S GT3 #17 da Teo Martín Motorsport, cravando 1’44″780. Márcio Basso e Guilherme Salas figuraram com o segundo tempo da primeira sessão – quarto no combinado – com 1’45″044.

A quinta posição acumulada foi de Henrique Chaves/Martin Kodric com 1’45″050 noutro McLaren 720S GT3 da Teo Martín Motorsport, seguidos por Norbert Siedler/Mikaël Grenier e pelos líderes do campeonato, Albert Costa/Giacomo Altoè.

Marcelo Hahn/Allam Khodair, que tiveram o carro reconstruído após um fortíssimo acidente na etapa anterior, ficaram com o tempo de 1’45″374. A dupla foi 7ª colocada na segunda sessão e nona no primeiro treino.

Após a experiência não muito bem sucedida em Silverstone com o formato de classificação em que definiu-se o grid pela média dos tempos, a categoria decidiu por voltar à versão tradicional, com um piloto classificando por carro em cada sessão. A prova #1 com duração de 70 minutos será às 11h10 de Brasília neste sábado e a prova #2 com duração de 60 minutos larga às 9h20 de domingo. Tudo com streaming ao vivo replicado aqui no blog.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *