MENU

11 de setembro de 2019 - 15:15IMSA

IMSA: 32 carros na etapa de Laguna Seca

IMSA WeatherTech SportsCar Championship

A Mazda venceu as últimas corridas da temporada da IMSA e as equipes e pilotos dos carros Cadillac esperam que o BoP lhes seja favorável no Monterey SportsCar Championship powered by McLaren, neste domingo

RIO DE JANEIRO (Going to California!) – A temporada 2019 do IMSA Weathertech SportsCar Championship aproxima-se do seu final. E no domingo será disputado o Monterey SportsCar Championship powered by McLaren – penúltimo de 12 eventos do campeonato, que será disputado domingo em Laguna Seca por 32 carros que lutarão pelos triunfos na pista de 3,6 km de extensão e onze curvas – com o lendário Saca-Rolha como grande atração.

A lista de entradas contempla as quatro categorias presentes, com 10 protótipos DPi, dois LMP2, oito GTLM e 12 GTD.

Ainda na briga pelo título, Felipe Nasr e Pipo Derani chegam a esta corrida motivados pelo anúncio da renovação de contrato com a Action Express para a temporada 2020. Os dois brasileiros continuarão trabalhando juntos – primeiro com o objetivo de superar os líderes Dane Cameron/Juan Pablo Montoya. E depois, o objetivo é dar sequência aos bons resultados conquistados neste ano – desde que o pacote técnico não sofra tantas restrições nos Boletins de Performance (BoP) da IMSA.

“Para mim é muito positivo confirmar outra temporada com a Action Express e continuar nosso forte relacionamento profissional e também manter a parceria com o Felipe”, disse Pipo Derani.

“2019 está sendo um ano fantástico para a equipe e também pra mim em particular, com a conquista do tricampeonato em Sebring, além de ainda continuarmos na briga pelo título neste fim de semana em Laguna Seca”, ressaltou o brasileiro.

“Estou muito animado por continuar correndo novamente com a Action Express no Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R em 2020. Será uma honra seguir representando a Whelen, que faz um trabalho fenomenal e são parceiros tão dedicados e amigos”, completou.

A equipe – que conta ainda com Christian Fittipaldi como diretor esportivo – não confirmou os planos para o carro #5. Existe a possibilidade de João Barbosa passar apenas às provas de longa duração do calendário, com a busca de um novo parceiro para Filipe Albuquerque. A ver.

Para a etapa de Laguna Seca, os Cadillac DPi-V.R montados na plataforma Dallara perderam 20 kg – mas seguem como os DPi mais pesados do plantel. Em contrapartida, ganharão mais potência com 0 aumento de 0.3 mm no diâmetro da entrada de ar. O reservatório de combustível sobe para 68 litros nesta etapa.

Vindos de três vitórias consecutivas nas últimas corridas, os protótipos Mazda RT24-P DPi foram para Motorland Aragón, realizar uma bateria de testes de resistência. O objetivo é manter a sequência de bons resultados e, principalmente, ter um carro competitivo para triunfar na Petit Le Mans, a última prova do certame.

Na classe LMP2, que segue tendo baixíssimo quorum durante toda a temporada ainda há – acreditem! – luta praticamente igual pelo título. Matthew McMurry chega a esta etapa com cinco pontos de vantagem sobre Cameron Cassels, que deve ter a volta de Kyle Masson como parceiro em Laguna Seca. Dalton Kellett terá uma segunda oportunidade no #52 após a vitória obtida em Mosport, correndo em casa.

A GTLM tem os suspeitos de sempre e não haverá mudanças no BoP da categoria. A rigor, a única novidade será a volta do carro #24 à cor escura. John Edwards/Jesse Krohn vão guiar a BMW M8 GTE com a cor preta na Califórnia. Na classificação, liderança para Earl Bamber/Laurens Vanthoor com onze pontos de vantagem para Nick Tandy/Patrick Pilet. Antonio Garcia/Jan Magnussen ainda sonham em repetir o título conquistado ano passado, mas precisam ganhar nesta etapa e torcer por um mau resultado dos rivais.

IMSA WeatherTech SportsCar Championship

A última etapa do Weathertech Sprint Cup coloca frente a frente na disputa pelo título o canadense Zach Robichon, da Pfaff Motorsports, contra a dupla formada por Mario Farnbacher e Trent Hindman, da Meyer Shank Racing

Na divisão GTD, será decidida também a série paralela Weathertech Sprint Cup, com Zach Robichon liderando por um ponto sobre Trent Hindman/Mario Farnbacher. Aliás, a dupla da Meyer Shank Racing tem  37 pontos de vantagem na classificação geral (justamente sobre Robichon) e pode conquistar o título antecipado da categoria se conseguir manter a vantagem sobre os adversários, uma vez que o máximo de pontos é de 35.

Dos construtores envolvidos na categoria, oito estarão presentes. Novamente os Audi R8 LMS EVO ficam de fora. A Starworks desta vez nem anunciou participação, como havia feito antes de desistir da etapa do VIR.

O Monterey SportsCar Championship powered by McLaren não será transmitido ao vivo neste fim de semana pelos canais Fox Sports – por falta de espaço na grade. Será gravado um compacto da corrida, a ser exibido terça-feira com duração de 1h30min a partir de duas e meia da tarde.

Compartilhar

10 comentários

  1. Eduardo Alves disse:

    Uma pena que não será transmitida ao vivo essa prova, adoro Laguna Seca! Mas fico muito grato pelo aviso, Mattar! Aguardaremos ansiosos pelo compacto! grande abraço!

  2. rodrigo botana disse:

    mattar esse fim de semana tem wtcr na china a fox exibirá as corridas que nosso augusto farfus corre?

  3. André Fonseca disse:

    Achei que veria o “Saca Rolhas” ao vivo na Fox…

    Vou ter que procurar a reprise do VT de terça na grade da minha operadora, pq terça de tarde não conseguirei assistir…

  4. Roberto Borges disse:

    Caro Rodrigo,
    que lástima não haver transmissão ao vivo. Mas é compreensível.
    Contudo, o que não é compreensível e é inaceitável é a Fox transmitir compacto em horário de estudante do período noturno!
    Como alguém que trabalha vai conseguir assistir nesse horário??
    E o campeonato com provas ótimas e pegando fogo!
    Tristeza…
    Valeu o aviso, continuo prestigiando seu trabalho excelente!

  5. Jair yoshimura disse:

    Rapaz, a imsa está ganhando público no Brasil, mas essa aleatoriedade de transmissão da Fox não ajuda em nada, pois eu mesmo desde que foi anunciado laguna seca no calendário fiquei ansioso por assistir essa prova, e agora você nós da essa notícia da não transmissão. No meu caso como sou entusiasta vou tentar assistir ao compacto no dia de semana, mas fica aquela frustração…

    • Rodrigo Mattar disse:

      Jair, lamento tanto quanto você a não-exibição na íntegra ou no mesmo dia. O modus operandi de uma emissora de TV não é nem sempre o que se quer ver na telinha. Paciência. E obrigado pelos elogios.

  6. Christian Wakabayashi disse:

    A falta de critério da Fox é inacreditável. Transmitir WTCR e deixar a IMSA em Laguna Seca de escanteio não é muito inteligente na minha opinião.
    Belo trabalho Mattar!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *