MENU

29 de setembro de 2019 - 21:41Blancpain GT Series Endurance

Varrida: Caldarelli/Mapelli campeões de tudo no Blancpain GT

RIO DE JANEIRO – Consagração define o que aconteceu aos italianos Marco Mapelli e Andrea Caldarelli na temporada 2019 do Blancpain GT: os pilotos da equipe Orange 1 FFF Racing Team, que neste ano atingiu o status de time do Lamborghini Squadra Corse, “varreram” a categoria, conquistando todos os títulos possíveis em disputa – Overall, Sprint e Endurance.

Numa caótica edição das 3h de Barcelona disputadas neste domingo, os dois – ajudados hoje por Albert Costa, substituto de última hora do indisponível Dennis Lind, nocauteado por uma doença  – chegaram ao título máximo em grande estilo. Venceram a corrida, que teve apenas 85 voltas completadas, com quase quatro segundos e meio para o Aston Martin da R-Motorsport com o trio Alex Lynn/Marvin Kirchöfer/Jake Dennis.

Os únicos que ainda podiam reverter a situação eram Maro Engel e Luca Stolz, que competiram com o Mercedes-AMG da Black Falcon na companhia do holandês Yelmer Buurman. Mas faltou sorte à trinca do carro #4, que primeiro foi tocada pelo Audi #2 da equipe belga WRT e depois se envolveu numa das muitas rodadas e saídas de pista que atrapalharam a corrida.

No mais forte dos acidentes, o Porsche #54 da Dinamic Motorsport bateu tão forte que capotou, com o piloto do Kuwait Zaid Ashkanani felizmente sem sofrer nenhuma lesão – só o susto. O estrago foi grande e a barreira de pneus precisou ser reposicionada. A intervenção do Safety Car durou praticamente um stint inteiro – cerca de 45 minutos.

Outra equipe prejudicada na disputa foi a SMP Racing, que podia pelo menos ganhar a série de provas de Endurance, já que chegaram à Catalunha com 22 pontos de vantagem sobre os rivais diretos. Mas a Ferrari de Mikhail Aleshin/Davide Rigon/Miguel Molina atrasou-se em razão de um furo de pneu e eles não foram além do 13º lugar final.

Em meio ao caos, vários carros ficaram fora da briga e a equipe AKKA-ASP, já campeã na Silver Cup, aproveitou a ocasião para terminar em 5º na geral e ratificar o título de Endurance do trio Felipe Fraga/Timur Boguslavskiy/Nico Bastian com mais uma vitória. Bastian levou a taça de campeão da divisão na classificação geral.

Na Pro-Am, um acidente com o Mercedes-AMG de Remon Vos/Tom Onslow-Cole decidiu a contenda em favor dos rivais da Oman Racing with TF Sport: título para Ahmad Al Harthy/Salih Yoluç/Charlie Eastwood, na última etapa ganha na divisão pela Saintéloc Racing e o trio formado pelo novato na série Pierre-Alexandre Jean, junto aos compatriotas Edouard Cauhaupe e Pierre-Yves Pâque.

Com o título de Endurance já definido por antecipação em favor de Adrian Amstutz/Leo Machitski/Miguel Ramos (Barwell Motorsport) na divisão Am Cup, Florian Scholze levou a taça de campeão na pontuação geral. A última etapa do ano teve vitória da trinca Antonio Forne Tomas/Stefano Costantini/Christoph Lenz, da Raton Racing by Target.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *