MENU

8 de outubro de 2019 - 17:30Automobilismo Internacional, Vídeos

Para quem não viu: Nascar Whelen Euro Series, rodada de Zolder

RIO DE JANEIRO – Acabou no último fim de semana a temporada 2019 da Nascar Whelen Euro Series – a versão europeia da Stock Car, que teve 13 corridas em sete circuitos diferentes neste ano.

Ao contrário da categoria que a inspirou, a Euro Nascar tem mais eventos em mistos que em ovais – no caso, somente a pista de Venray, na Holanda, recebeu os pilotos e carros das classes Elite 1 e Elite 2 para duas baterias.

A decisão do campeonato foi num fim de semana de tempo instável em Zolder, na Bélgica. Thomas Ferrando ganhou a prova #1 da divisão principal (Elite 1) como prêmio de consolação em um ano abaixo das expectativas iniciais. Ele só teve três pódios e foi 7º no campeonato.

Sem conseguir alcançar o favorito Loris Hezemans, o belga Stienes Longin venceu a última etapa disputada com pista molhada e o holandês da equipe Hendriks (sem confusões com a Hendrick Motorsport, por favor) abiscoitou com muitos méritos o título da categoria, somando 569 pontos – 551 com descartes – e quatro vitórias, todas em sequência.

Longin foi o vice, superando o italiano Niccolò Rocca, com o israelense Alon Day, que buscava o tricampeonato seguido, em quarto na classificação final. O falastrão Jacques Villeneuve, campeão mundial de Fórmula 1 em 1997, foi apenas o oitavo classificado, com três terceiros lugares em Franciacorta e Venray como melhores resultados.

Na Elite 2, Giorgio Maggi era o favorito, já que também corre na mesma equipe de Loris Hezemans. Só que ele não contava com a virada espetacular do dinamarquês Lasse Sørensen, que mesmo com duas provas a menos que o adversário, ganhou ambas as corridas em Zolder e – sem descontar nada – chegou a 573 pontos líquidos contra 564 de Maggi após os descartes.

Acompanhe todas as corridas da decisão do campeonato nos vídeos abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *