MENU

2 de novembro de 2019 - 17:22Endurance Brasil

Muffato/Queirolo são avassaladores e vencem 3h de Santa Cruz do Sul

O pódio das 3h de Santa Cruz do Sul pela lente de Bruno Terena (Foto: Divulgação)

RIO DE JANEIRO – Uma performance como há muito tempo não se via: David Muffato e Pedro Queirolo foram absolutos e avassaladores na 7ª etapa do Império Endurance Brasil, mostrando que a dupla está afiada na busca pelo título da categoria – pelo menos na classe P1.

Neste sábado em Santa Cruz do Sul, a dupla do protótipo AJR Chevrolet V8 com o dorsal #113 não deixou pedra sobre pedra. Pole position, melhor volta da disputa e vitória praticamente de ponta a ponta – só tirando o pé no final, porque se fosse por empenho, terminariam uma volta à frente de todo mundo.

E quase que aconteceu: o #175 de Luiz Otávio Floss/Henrique Assunção/Fernando Fortes acabou a mais de 1min10seg dos vencedores e a dupla Nílson/Beto Ribeiro, que veio de duas vitórias consecutivas na temporada e ganhara em Santa Cruz do Sul no mês de junho, fechou em 3º lugar, seguindo na liderança da classificação geral (Força Livre) do campeonato.

Xandy e Xandinho Negrão deram mais um passo para tentar o troféu de campeões da GT3: chegaram em quarto lugar na geral e ganharam na categoria, seguidos por Ricardo Maurício/Marcel Visconde – este, inclusive, chegou em cima da hora, sem ter feito sequer os treinos livres. Sentou na “barata” durante o warmup, sentiu o carro e foi escalado para dois stints seguidos. A estratégia deu certo.

A etapa deste sábado foi atribulada para diversos competidores e pelo menos um dos carros nem largou: 3º do grid, o AJR #43 normalmente guiado por Vicente Orige estava desfalcado do seu titular, por conta de uma hérnia de disco no catarinense. Vitor Genz o substituiu e no warmup, uma quebra de motor tirou o carro que ele dividiria com Raphael Campos e Gustavo “Batavo” Martins de combate.

Também a Ferrari de Chico Longo/Daniel Serra não repetiu as atuações de outras corridas, apresentando novamente problemas e impedindo Chico de se aproximar dos Negrão na pontuação do campeonato da GT3. Apesar disso, a dupla da Via Italia Racing terminou em quarto na classe e num importante 8º posto geral. O Ginetta dos irmãos Wagner e Fábio Ebrahim, além de Pedro Aguiar, voltou a conviver com problemas de aumento de temperatura e o #20, que rumava para um merecido segundo lugar, fechou a disputa em décimo.

As 3h de Santa Cruz do Sul definiram títulos em três categorias, por antecipação: Renan Guerra venceu mais uma vez na GT4 com Renato Braga e o paulista levou o título sozinho; na P2, Mauro Kern Júnior e Paulo Sousa também conquistaram o campeonato e Júnior Victorette/Marcelo Karam, que foram para o Audi RS3 LMS TCR que era de Henry Visconde, ganharam o troféu na GT4 Light.

Outros destaques foram as vitórias de Jindra Kraucher/Aldo Piedade Júnior na prova deste sábado com o protótipo Sigma na P2; Aldoir Sette/Jansen Bueno na P3 e Sérgio/Guilherme Ribas na GT3 Light, acirrando a disputa contra Ricardo Mendes/Tom Filho na finalíssima.

A última corrida será as 6h de Curitiba, no dia 21 de dezembro.

Resultado final das 3h de Santa Cruz do Sul:

1. #113 Pedro Queirolo/David Muffato
Protótipo AJR Chevrolet V8 – classe P1
120 voltas em 3h00min47seg526

2. #175 Luiz Otávio Floss/Henrique Assunção/Fernando Fortes
Protótipo AJR Chevrolet V8 – classe P1
a 1min10seg927

3. #65 Beto Ribeiro/Nílson Ribeiro
Protótipo AJR Chevrolet V8 – classe P1
a 1min11seg262

4. #9 Xandy Negrão/Xandinho Negrão
Mercedes-AMG GT3 – classe GT3
a 2 voltas

5. #55 Marcel Visconde/Ricardo Maurício
Porsche 911 GT3-R – classe GT3
a 2 voltas

6. #5 Tiel de Andrade/Júlio Martini/Marçal Müller
Protótipo AJR Chevrolet V8 – classe P1
a 3 voltas

7. #8 Guilherme Figueroa/Júlio Campos
Mercedes-AMG GT3 – classe GT3
a 3 voltas

8. #19 Chico Longo/Daniel Serra
Ferrari 488 GT3 – classe GT3
a 4 voltas

9. #12 Aldo Piedade Jr./Jindra Kraucher
Protótipo Sigma Audi Turbo – classe P2
a 6 voltas

10. #20 Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim/Pedro Aguiar
Protótipo Ginetta G57 Chevrolet V8 – classe P1
a 7 voltas

Compartilhar

2 comentários

  1. Roberto Borges disse:

    Bom dia!
    Corrida muito boa de assistir, carros incríveis e nível alto. A categoria está crescendo e merece aparecer mais na mídia.
    É ótimo você disponibilizar as transmissões e colaborar com a divulgação.
    Quem gosta certamente está curtindo!
    Obrigado!

    • Rodrigo Mattar disse:

      Roberto, bom dia!

      Diferentemente de outros, eu faço o meu papel e só quero que o Império Endurance Brasil melhore. O trabalho da APE é sério e quanto mais divulgação, melhor pra todo mundo.

      Abraço e bom domingo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *