MENU

8 de novembro de 2019 - 13:59Asian Le Mans Series

Vinte e dois

Retorno: o FIST Team AAI estará na competição dos Grã-Turismo, buscando uma vaga para as 24h de Le Mans do próximo ano; 22 carros estão garantidos para o Asian Le Mans Series no campeonato que começa daqui a duas semanas

RIO DE JANEIRO – Empolga a pré-temporada 2019/20 do Asian Le Mans Series no que diz respeito à movimentação e participação das equipes. Mais duas confirmaram presença para as 4h de Xangai – sim, além da prova do WEC haverá a do certame asiático no próximo dia 24.

Participante de primeira hora do AsLMS com pelo menos um carro em seis das sete temporadas anteriores – tendo também participado duas vezes das 24 Horas de Le Mans com modelos Porsche e Corvette, o FIST Team AAI confirmou presença no campeonato com uma BMW M6 GT3. É o oitavo carro anunciado para a divisão de Grã-Turismo.

Os pilotos serão Joël Eriksson, que disputou as duas últimas temporadas do DTM como piloto da marca da Baviera, o patrão e piloto Jun-San Chen e o chinês Ye Hongli, que já esteve no campeonato – mas com um protótipo LMP3.

Aliás, vem da LMP3 a outra escuderia confirmada: a francesa Graff Racing terá pelo menos um Norma M30 Nissan nas 4h de Xangai e espera fechar mais pilotos para alinhar o segundo carro – que vai de contâiner para a China.

Sébastien Page e Éric Troulliet já estavam fechados com Pascal Rauturier. Quem foi anunciado para completar o trio foi David Droux, que correu por uma equipe “B” da Graff no ELMS este ano – a Realtime Racing.

Desse modo, o total de carros já garantidos para as 4h de Xangai sobe para 22 – dez LMP2 (seis no novo regulamento, quatro no antigo), quatro LMP3 e oito GTs.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *