MENU

8 de novembro de 2019 - 19:30Motovelocidade, Vídeos

Wayne Rainey rides again!

RIO DE JANEIRO (Emocionante!) – Cinco de setembro de 1993. Durante a disputa do Grande Prêmio da Itália, no circuito de Santa Monica (hoje Marco Simoncelli), em Misano Adriático, o tricampeão mundial de 500cc Wayne Rainey sofre o acidente mais dramático de toda a sua carreira de piloto de competição.

Que acabaria ali, naquela queda a bordo da Yamaha YZR com o dorsal #1, adornada pelas cores da Marlboro e alinhada pela equipe de Kenny “The King” Roberts.

Ele, que começara forte aquele campeonato, inclusive conseguira vencer uma prova em Barcelona de forma improvável usando o chassi ROC oferecido a times não-oficiais, buscava se aproximar de Kevin Schwantz na classificação do campeonato, quando sofreu o acidente que lhe trouxe sequelas para o resto da vida.

As lesões foram tão graves que ele jamais conseguiria caminhar.

Aquela queda representaria também o fim do domínio dos EUA na ‘categoria-rainha’. Sim, Kenny Roberts (o filho) e Nicky Hayden (desculpem, troquei as bolas) foram campeões do mundo. Mas a turma formada por “The King”, Freddie Spencer, Randy Mamola, Wayne Rainey, Eddie Lawson (esqueci dele!) e Kevin Schwantz era mágica, inesquecível.

Rainey, que recentemente completou apenas 59 anos de idade – vejam quão novo ele se acidentou… – é o protagonista do vídeo abaixo.

Apenas apreciem.

Depois comentem, se puderem ou quiserem.

É uma lição de vida. Zanardi, Billy Monger, Rainey, Fréderic Sausset, Takuma Aoki…

Tantos exemplos… e nós aqui nos queixando da vida que temos.

Em tempo: obrigado ao seguidor Jorge Alves Pereira no Twitter, pela dica valiosíssima!

Compartilhar

7 comentários

  1. Vinicius disse:

    Rodrigo, será que você não quis dizer o saudoso Nicky Hayden? Doohan é australiano.

    E Rainey é um exemplo de vida também. Tomara que ele consiga reerguer o motociclismo estadunidense já que ele é o presidente da Motoamerica.

  2. Vinicius disse:

    E só faltou o grande Eddie Lawson”Steady Eddie” nessa lista de grandes motocilclistas estadunidenses!

  3. Antonio seabra disse:

    Emocionante (o video)
    Rodrigo: errar é pra qualquer um. Assumir o erro, corrigir, e ainda brincar com isso, é só para os bons. Parabéns.
    E mais: quem tem um bom nivel de seguidores, ainda leva vantagem. Eles estão atentos e ajudam você a manter o altíssimo nível das informações do blog.

    Antonio

  4. Vinicius disse:

    Tranquilo, acontece Rodrigo.

    Somos todos humanos,cometemos erros mesmo.

    É que eu tenho a mania mesmo que sempre notar que quando tem algum erro em algo, eu procuro avisar a pessoa disso. Não quero cornetar ninguém, muito longe disso. Se você se sentiu ofendido, peço desculpas. Juro que não tinha a menor intenção de lhe irritar, Rodrigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *