Com Rossi no pódio, Attempto faz 1-2 nas 12h do Golfo

C

RIO DE JANEIRO – Pela primeira vez em nove edições das 12h do Golfo, um Audi fatura a disputa no circuito Yas Marina, em Abu Dhabi. Após uma única vitória da Mercedes e as demais sete de diferentes modelos Ferrari, os quatrargólicos ganharam fácil a disputa dividida em duas partes neste sábado.

A trinca Dries Vanthoor/Rinat Salikhov/Christopher Mies dominou amplamente a primeira metade e, sem contestação, chegou à frente da disputa que terminou com 316 voltas percorridas pelos 5,555 km do traçado dos Emirados Árabes Unidos. Murod Sultanov/Mattia Drudi/Nick Foster terminaram quase meia volta atrás, completando a dobradinha da Attempto Racing.

A sensação foi o 3º lugar conquistado pela lenda da MotoGP Valentino Rossi. Correndo com seu meio-irmão Luca Marini e também com Alessio Salucci, o italiano foi ao pódio na classificação geral e venceu na GT3 Pro-Am, superando por uma volta de vantagem o carro #5 da Spirit Race Team Üwe Alzen Automotive, guiado por Martin Konrad/Dietmar Haggenmüller/Üwe Alzen.

De lamentar que muitos dos bons concorrentes da prova que contou com a participação de 30 carros jamais puderam brigar pela vitória. A Ferrari da Iron Lynx, com o trio formado por Rahel Frey/Michele Gätting/Manuela Göstner fechara a primeira parte em quarto e na segunda o carro só resistiria mais 17 voltas, após uma colisão com um adversário da classe GT4.

Também a Barwell com seu Lamborghini guiado por Patrick Kujala/Miguel Ramos/Jordan Witt não viu a quadriculada. Abandonaram com 186 voltas completadas. A HTP Motorsport, pole position, enfrentou problemas em sua Mercedes-AMG GT3 e fechou a disputa somente em 12º lugar.

Outra lenda da MotoGP que competiu nas 12h do Golfo foi Loris Capirossi: ele e os compatriotas Alexis de Bernardi e Niki Cadei terminaram num honroso sétimo posto, segundo na classe GT3 Gentleman, vencida pelo trio da SPS Automotive Performance formado por Valentin Pierburg/Manuel Lauck/Christian Hook.

A Art Line Team Georgia fechou em oitavo com o Lamborghini Super Trofeo guiado pelo quarteto Abkhazawa/Afanasiev/Liquorish/Butel e levou a melhor na GT Cup 1, enquanto a Balfe Motorsport ganhou na GT4 com Millroy/Iribe/Moss/Pickford e na GT Cup 2 deu a MRS-GT Racing com a trinca Littmann/Mundy/Van Parijs.

Por fim, entre os dois protótipos P3, deu ARC Bratislava e o Ginetta guiado por Konopka/Muston/Murray, que completou a disputa em 14º lugar na geral.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames