MENU

2 de dezembro de 2019 - 22:17GP às 10, Grande Prêmio

GP às 10: vergonha e mais vergonha

RIO DE JANEIRO (Senta que lá vem porrada!) – Tem gente especializada em passar vergonha e colocar o nome do Brasil e do nosso automobilismo cada vez mais em descrédito.

Infelizmente o cancelamento da etapa do WEC não é o único exemplo. É o mais recente e um dos mais tristes episódios de todos. Mas há outros, com outras personagens que relembro neste vídeo de mais um GP às 10.

É no débito ou no crédito que passamos a vergonha dessa segunda-feira? Vocês escolhem.

Compartilhar

10 comentários

  1. Douglas Almeida disse:

    Sem comentários, vídeo perfeito Rodrigo.

  2. Fernando Silva disse:

    Essa tentativa rasteira de tentar culpar o WEC e seus organizadores pela própria incompetência é típica de uma gente baixa e mentirosa que infesta neste pais…pelo que li, citaram até a desconfiança dos organizadores pelo momento político e econômico que o Brasil atravessa, como se os que estão no centro do poder não fossem representantes fieis de gente como estes promotores…ora, francamente!!
    Repito o que disse no post anterior:
    Agora tenho certeza absoluta que o WEC, assim como a Indy, nunca mais pisam no Brasil, com razão!!

  3. Gustavo disse:

    Por essas, e outras, que sou cada vez mais fã, adepto e defensor da Endurance Brasil e da Turismo Nacional BR.

    É gente que faz acontecer.

  4. Ivair disse:

    Rodrigo. Concordo plenamente com as suas colocações. Infelizmente esse é e sempre foi o Brasil. Eu cansei e desisti há alguns anos. Não queria aceitar mas somos assim desde 1.500! E quando se pensa que chegamos ao fim do poço vemos que não. É desanimador. Não é somente no automobilismo. A nota oficial dos pseudos promotores do evento chega a ser patética, surreal, mentirosa e mais ainda querendo se passar de vítimas. Que lixo! Uma vergonha e esses caras ainda nos querem fazer de idiotas. Estou revoltado como você, mas não surpreso. Triste e vergonhoso. Como você disse é muito difícil ter orgulho desse país. Cada dia mais passando atestados de incompetência pelo mundo afora. Lixo!

  5. Claudio Lace7 disse:

    E o cancelamento do WEC no Brasil se deu no mesmo dia em que o Raul Boesel entrou no Hall da fama pelo título de 87. Lamentável. Muitas cirridas internacionais canceladas no Brasil nos últimos anos. Cada vez mais, os organizadores de campeonatos ficarão com receio de fechar qualquer corrida no país.

  6. Nelson disse:

    e agora o governo do Rio arruma milhoés para levar a F1 pra lá….. Nem sei o que dizer. Parece que não querem corrida de automovel no Brasil.. Parece orquestração e concurso de quem destrói mais…..

  7. Nelson disse:

    A FE no parque olímpico seria uma boa. Mas também duvido que aconteça

  8. Cristiano disse:

    Ótimo video Mattar, o número de cancelamentos das várias categorias foi muito bem lembrado, e muito além do que eu lembrava. Essa da F1 nos anos 60 nunca tinha ouvido falar. Se tiver mais informação sobre essa história podia contar num outro vídeo ou aqui no blog.
    De qualquer modo, vejo também a questão vai muito além, como os cancelamentos das próprias provas nacionais pelos mais diversos motivos, calendários sempre com provas a confirmar, categorias morrendo no meio do caminho, como a Fórmula Truck, além, é claro, das dezenas de autódromos já anunciados e nunca realizados. Criam expectativa nos interessados, mobilizam a imprensa, e no fim das contas, nada.

  9. Alan Ambrosini disse:

    Já que não teremos WEC, o negócio é ir prestigiar os 500 km de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *