MENU

12 de dezembro de 2019 - 12:06Mundial de Endurance

Monza e Kyalami no calendário do Mundial de Endurance

RIO DE JANEIRO – Anunciado há pouco o calendário da temporada 2020/21 do Mundial de Endurance (FIA WEC): a temporada #9 da série terá oito etapas e pelo menos duas grandes novidades – os retornos de Monza e de Kyalami como sedes de provas da competição.

Isso significa, logicamente, a saída de Xangai do calendário: a pista chinesa, presente de forma initerrupta, deixa o Mundial de Endurance após oito edições. Também não haverá provas do Asian Le Mans Series por lá no próximo calendário, tendo a pista sido substituída por Suzuka, no Japão.

Também não haverá espaço para as 6h de São Paulo (alguém tinha dúvidas quanto a isso?) e nem para a corrida de Austin, que nesta temporada foi incluída como “plano B”.

Tanto as provas de Monza quanto de Kyalami terão 6h de duração, formato “padrão” do WEC, que não adotará corridas de quatro horas na temporada 2020/21, a de estreia do regulamento dos Hypercars.

A inclusão de Kyalami não chega a ser surpresa: Gérard Neveu acenara com a possibilidade de uma etapa naquela pista, quando assistiu à etapa do Intercontinental GT Challenge. A pista está em muito bom estado, teve uma ótima corrida de encerramento do certame da SRO e a corrida será em fevereiro de 2021.

O calendário precisa passar ainda pelo crivo da FIA e ser aprovado, o que deve acontecer na reunião do Conselho Mundial, a primeira do próximo ano, no dia 6 de março em Genebra, na Suíça.

“Quando você tem um calendário que inclui Silverstone, Monza, Fuji, Bahrein, Kyalami, Sebring, Spa e, claro, Le Mans, você está no coração e na história do Endurance. Passado, presente e futuro. Foi excelente para o nosso roteiro logístico, pois fornece às equipes o pacote mais econômico possível. Esperamos que a temporada #9 deixe fãs e concorrentes felizes”, afiançou o CEO do FIA WEC, Gérard Neveu.

A pré-temporada será em apenas dois dias – 31 de agosto e 1º de setembro -em Silverstone, pista da abertura do campeonato, no dia 5.

As 24 Horas de Le Mans, como já aconteceu neste ano e veremos no próximo, encerra a temporada #9, com a prova já marcada para 12 e 13 de junho.

Compartilhar

11 comentários

  1. Legal a volta de Monza, uma de minhas pistas prediletas.

  2. Marcos Abreu Ferreira disse:

    A prova de Sebring será encerrada após 1.000 milhas ou 8 horas, o que ocorrer primeiro?

  3. Igor Munarim disse:

    Com a confirmação de Kyalami, a Oceania passará a ser o único continente que ainda não recebeu pelo menos uma prova de WEC.

  4. Gabriel Medina, O outro disse:

    Feliz pelas adições e também pela exclusão de Shangai, que só proveu corridas minimamente interessantes quando o mundo caiu em água na pista. Agora, o que será que é preciso para a ACO/FIA tirar da cabeça essa coisa de prove de 6 horas?

  5. Igor Munarim disse:

    A Austrália tem também outro bom circuito que é Phillip Island!

  6. Fernando Lima disse:

    Gostei da adição de Monza e Kyalami que, realmente está belíssimo e muito bem cuidado. Eu até achei interessante provas de 4h desta temporada e quanto à Interlagos, acho que realmente nunca mais, infelizmente.

  7. Allan Bernardo disse:

    Rodrigo bom dia. Ainda sobre
    a prova de Sp, eu tenho algumas duvidas, uma delas é: os caras pra assumir a organização da prova, tiveram de desembolsar um valor considerável pra assinatura do contrato.
    Porque raios não foi feito um planejamento ou um pre-acerto com patrocinadores?
    Quando foi assinado o evento, não teve nenhum pedido de garantia para realização da prova?

    Tenho outras dúvidas, mas estas ai me vem em mente quando leio sobre a prova.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Allan, tudo bem?

      Como eu já falei aqui no blog e falo na transmissão, foi coisa de amador. Correr o risco de fazer um evento como este sem patrocínio e sem garantia é uma besteira sem tamanho.

      Claro que houve o pedido de garantia e o fee não foi pago integralmente. Eram 12 milhões de talkeys, desembolsaram oito. Aí, já viu…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *