24h de Dubai: mais de 70 inscritos para a abertura da 24h Series

2
Largada das 24h de Dubai ano passado: a décima-quinta edição da corrida disputada nos Emirados Árabes acontece no próximo dia 10

RIO DE JANEIRO –  A décima-quinta edição das 24h de Dubai abre a temporada 2020 da 24h Series: o campeonato organizado pelos holandeses da Creventic volta ao circuito dos Emirados Árabes para o primeiro de um total de oito eventos da série.

Inclusive com novidades em relação ao primeiro calendário divulgado para este ano, pois as corridas da Alsácia (Anneau du Rhin) e Nürburgring foram descartadas.

Portimão, Imola e Paul Ricard foram inclusas novamente e assim teremos o Campeonato Europeu (com cinco etapas) que começa com as 12h de Monza em Março e o Campeonato dos Continentes – só com provas de 24h de duração, iniciando exatamente em Dubai nos dias 10 e 11 de janeiro.

Para a abertura, já estão contabilizados mais de 70 carros inscritos – são 75, sendo mais exato. A principal novidade da 24h Series para este ano é a nomenclatura das categorias – facilitando o entendimento da imprensa e principalmente do público.

A classe A6 agora é conhecida como GT3 e dividida em GT3-PRO e GT3-AM. Justo.

Só de modelos dentro deste regulamento teremos 22 dos inscritos para as 24h de Dubai. Entre as principais forças estão a Black Falcon (Mercedes-AMG), a GP Extreme (Porsche), o Team WRT (Audi), a HTP Winward Motorsport (Mercedes-AMG), a Herberth Motorsport (Porsche) e a Attempto Racing (Audi).

A GTX, de modelos de competição que não seguem à risca o regulamento técnico de acordo com a construção dos mesmos, contabiliza sete carros inscritos, enquanto há onze Porsche 991 Cup confirmados para a subdivisão 991.

Na GT4, Audi, Aston Martin, BMW e Mercedes-AMG são os construtores representados. O total é de 12 veículos inscritos. A lista se complementa com a participação confirmada de 17 participantes na classe TCR e mais três nas divisões TCX e TC – cada uma, claro.

Ano passado, a Car Collection ganhou a prova que foi encerrada com 606 voltas previstas. O carro foi partilhado por Christopher Haase/Dmitri Parhöfer/Rik Breukers/Fréderic Vervisch, dominando a disputa praticamente por completo.

Por enquanto, não há previsão de participação de pilotos brasileiros – ano passado, Ricardo Maurício/Daniel Schneider/Dennis Dirani/Werner Neugebauer chegaram em 16º na geral e segundo na então subclasse SPX.

Sobre o Autor

Rodrigo Mattar

Adicione um Comentário

Reclames

Perfil

Rodrigo Mattar, carioca de 49 anos. Apaixonado por automobilismo desde os nove, é jornalista especializado em esportes a motor desde 1998. Estagiou no Jornal do Brasil e numa assessoria de comunicação antes de ingressar na Rede Globo. Em 2003, foi para o SporTV, onde foi editor dos hoje extintos programas Grid Motor e Linha de Chegada. No mesmo ano, iniciou sua trajetória como comentarista, estreando numa transmissão de uma corrida de Stock Car, realizada no saudoso Autódromo de Jacarepaguá. Há sete anos, está no Fox Sports, atuando como editor responsável do programa Fox Nitro e comentarista de diversas categorias, entre as quais Rali Dakar, Nascar, MXGP, WTCC, WRC, FIA WEC, IMSA, Fórmula E, WTCR e Superbike Series Brasil. Conduz o blog A Mil Por Hora, agora no GRANDE PRÊMIO, desde 2008.

Arquivos

Categorias

Nuvem de Tags

Twitter

Reclames

Facebook

Mais reclames