MENU

23 de janeiro de 2020 - 22:3724 Horas de Le Mans, IMSA, Mundial de Endurance

Agora vai?

RIO DE JANEIRO – Parece que vai: amanhã, por volta de 13h30 de Brasília, será realizada entrevista coletiva da qual participarão Pierre Fillon, presidente do Automobile Club de l’Ouest e o Chairman da IMSA Jim France.

Nessa coletiva, deverá ser confirmada a convergência de regras que farão com que os protótipos DPi a serem homologados para a temporada 2022 possam competir em provas do WEC e nas 24h de Le Mans – e vice-versa, o que traria os Hypercars às provas da IMSA.

Nos últimos seis meses, franceses e ianques tiveram diversas reuniões e o final feliz de tudo isso será confirmado nesta sexta-feira. A bem da verdade, é uma decisão muito mais benéfica para o ACO do que para os estadunidenses.

Para 2020/21, no primeiro campeonato dos Hypercars, só há três construtores e um deles pode subir no telhado, que é a Aston Martin. Apenas com Toyota e Glickenhaus, os outros dois únicos construtores que têm projetos além dos britânicos, é muito pouco para atrair novos participantes – a Peugeot estreia somente em 2022/23, via Rebellion Racing.

Com a devida aprovação de Mazda, Cadillac e Acura (leia-se Honda), será elaborado o regulamento DPi 2.0 com sistemas híbridos de um único fabricante – aliás e a propósito –  atuando junto aos propulsores à combustão. A proposta pode atrair novos players e espera-se que a Ford esteja entre eles.

Cruzemos os dedos…

Compartilhar

2 comentários

  1. Jose Paulo de Macedo Soares Junior disse:

    Prezado Rodrigo Mattar

    Gostei do seu “Agora vai ?”

    Que saudades do regulamento FIA dos anos 60/70 para esportes protótipos!
    Equipes oficiais das fabricas, Ferrari, Porsche e todas as demais Chaparral, Matra Lola etc…
    Livro amarelo da FIA (Year book of Automobile Sport ou como preferir Annuaire du Sport Automobile)

    Um grande abraço, e por favor manda um outro para o “Mestre” Edgard Mello Filho.

    Jose Paulo de Macedo Soares Junior

  2. Leandro Lucio disse:

    Together we stand, divide we’ll fall

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *