MENU

10 de janeiro de 2020 - 00:31Super GT

Nissan e Honda com novidades no Super GT

RIO DE JANEIRO – A nova temporada do Super GT dá sua largada em abril, mas pelo menos três meses antes já temos novidades. Nissan e Honda anunciaram hoje suas formações para 2020 – em especial na classe GT500.

A Nissan segue com seu esquema de quatro carros e equipes: algumas com formação pétrea, quase imutável. A Nismo vem de Tsugio Matsuda/Ronnie Quintarelli pela sétima temporada, desde 2014.

Com Fred Makowiecki requisitado pela Porsche para a IMSA, a solução da equipe NDDP/B-Max foi chamar Katsumasa Chiyo para compor dupla com Kohei Hirate, antigo parceiro do francês. Outro que não volta é James Rossiter: o britânico foi trocado pelo promissor Kazuki Hiramine no carro #12 da Impul, que dividirá com Daiki Sasaki.

Por fim, Jann Mardenborough foi mantido no #24 da Kondo Racing para mais uma temporada na dupla com Mitsunori Takaboshi.

A Honda também aposta em novas formações, uma vez que Jenson Button se retirou da categoria após duas temporadas e o último a cair fora foi Narain Kartikheyan – porém, não foram os únicos: Daisuke Nakajima está fora por outro motivo. O filho de Satoru, lenda viva do automobilismo japonês, resolveu pendurar o macacão e o capacete.

Dessa forma, Tadasuke Makino foi convocado pela Honda para substituir Button. No Team Mugen, o veterano Hideki Mutoh terá a companhia do estreante Ukyo Sasahara, enquanto na equipe Nakajima Racing, tudo novo: como Makino mudou para o Team Kunimitsu, foi necessária uma troca dupla. Vem o novato Hiroki Otsu – oriundo do GT300 e Takuya Izawa muda-se da ARTA.

O substituto de Izawa na equipe de Aguri Suzuki ao lado de Tomoki Nojiri é Nirei Fukuzumi, que também sobe da subclasse GT300. De forma improvável, a única formação imutável para 2020 é a da Keihin Real Racing, que terá Bertrand Baguette/Koudai Tsukakoshi.

Na GT300, seguem as mesmas equipes clientes da marca na última temporada, todas com o NSX GT3 EVO: a ARTA traz Toshiki Oyu para junto de Shinichi Takagi, enquanto Jake Parsons será o novo parceiro de Ryo Michigami. No Team UpGarage, segue a formação Kosuke Matsuura/Takashi Kobayashi.

O campeonato começa em 11 de abril no circuito de Okayama.

Compartilhar

5 comentários

  1. Luciano disse:

    Mattar, uma dúvida: no SGT é obrigatório que um dos pilotos seja japonês? Pergunto porque percebo que há vários estrangeiros mas sempre em dupla com um piloto local. Parabéns pelo blog e obrigado por cobrir tantas categorias e nos trazer tanta informação!

  2. Léo Pereira disse:

    Rodrigo…
    Este ano o SuperGT não terá etapa conjunta com o DTM? Como está a tal “unificação” dos campeonatos?
    abs

  3. André Fonseca disse:

    Esse GTR Calsonic é a pintura mais linda do automobilismo mundial ao lado da GULF!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *